Aumentando a pressão dos pneus, o carro fica econômico?

Economizar combustível é algo que todo mundo deseja. E aí algumas pessoas usam uma calibragem mais alta para esse fim. Pode?

Por BORIS FELDMAN24/06/18 às 07h30

Mudar a calibragem dos pneus, contrariando o recomendando no manual do automóvel tem o lado bom e ruim para os ocupantes do carro e para o bolso. Então, é bom ficar atento a essa prática.

[TRANSCRIÇÃO]

É verdade que se aumentar a pressão dos pneus acima da recomendada no manual há uma redução no consumo de combustível? Sim, é verdade. Neste caso, por que já não se recomenda calibrar com essa pressão maior? Porque os fabricantes do automóvel e do pneu chegam a uma conclusão da melhor calibragem para aquele pneu naquele automóvel. Pressão acima da ideal vai tornar o carro mais duro, menos confortável, forçar os componentes da suspensão e o que é pior: reduzir a durabilidade do próprio pneu.

Só existem duas condições em que se deve calibrar o pneu acima da pressão ideal: quando o carro está muito carregado, com passageiros e/ou bagagem. Ou então, quando vai rodar em rodovia asfaltada em velocidades bem mais elevadas do que as praticadas no trânsito urbano.

calibragem dos pneus

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário