Automáticos baratos

Por BORIS FELDMAN01/05/16 às 17h58

Você detesta (com toda razão) apertar embreagem e passar marcha. Principalmente no trânsito urbano, congestionado, onde esta operação se repete dezenas de vezes num curto trecho. Tudo o que você gostaria de ter seria um automóvel com caixa automática, mas tem certeza de não ter saldo bancário para comprar um modelo caro e sofisticado com este câmbio. Imagina que só modelos perto de R$ 100 mil ou mais oferecem esta opção.

Mas, saiba estar enganado. Pois na faixa de cinquenta mil reais existem vários compactos com câmbio automático, ou pelo menos os chamados “automatizados”. Para começo de conversa, não tenha preconceito contra o câmbio automatizado: ele foi inventado recentemente, dá uns tranquinhos ao passar as marchas, mas funciona operacionalmente como um automático convencional. Dispensa o pedal da embreagem, a tradicional alavanca de mudanças e pode até oferecer a sofisticada opção da mudança de marchas por aletas no volante. E com vantagens: enquanto o automático tradicional aumenta o consumo, o automatizado reduz. Além disso, é mais leve e mais barato que o convencional.

Atualmente, dois modelos compactos na faixa de R$ 50 mil oferecem esse conforto: o Fiat Uno com câmbio automatizado e o Toyota Etios 1.3 com o automático convencional. O Kia Picanto, que tem valor semelhante, também oferece esta opção. Outros três compactos nacionais também oferecem o câmbio automatizado e custam pouco mais que R$ 50 mil: Volkswagen up! e Gol, além do Renault Sandero.

Entretanto, mesmo que você queira um automático mas não quer saber de modelo compacto e levar para casa um utilitário esportivo (SUV), tem também uma opção um pouquinho mais cara, o Chery Tiggo. Um chinês que custa cinquenta e cinco mil reais. Então, dá ou não para levar um carro sem o pedal de embreagem para a garagem por muito menos do que você pensava?

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário