Cuidado com a substituição do catalisador!

Por BORIS FELDMAN21/03/18 às 18h30

O período para substituição do catalisador depende de ele ser original de fábrica ou de reposição, por isso, cuidado para não cair na pi-ca-re-ta-gem!

Catalisador é um equipamento que passou a ser incluído no escapamento dos automóveis recentemente, e ele está lá para reduzir a nocividade dos gases expelidos pelo motor, reduzindo, portanto, a contaminação da atmosfera. Entretanto, esse catalisador tem duração limitada e é preciso tomar cuidado ao levar o carro para uma oficina e o mecânico só sugerir sua substituição.

Porque o catalisador que sai de fábrica no automóvel tem uma duração média de 80 mil quilômetros, entretanto, houve um acordo entre fabricantes para que o catalisador de reposição, para reduzir seu custo, tenha uma durabilidade média de 40 mil quilômetros.

Então, se o seu catalisador ainda é o original instalado pela fábrica, nada de substituí-lo antes dos 80 mil quilômetros. Porém, se for um de reposição, ele poderá estar vencido depois dos 40 mil.

substituição do catalisador

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

2 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário