Durabilidade do pneu original de fábrica x pneus de reposição

Boris responde a dúvida de alguns motoristas sobre a durabilidade dos pneus, quando se compara os originais de fábrica com os pneus de reposição

Por BORIS FELDMAN18/10/18 às 06h15

Quando o assunto é a durabilidade do pneu, há uma divisão entre qual é o melhor. Será que o pneu que vem no carro zero km ou o comprado nas lojas especializadas?

[TRANSCRIÇÃO]

Existe uma conversa de que os pneus instalados pela fábrica, na linha de montagem, são melhores e oferecem maior durabilidade do que aqueles comprados depois para a reposição. Isso é verdade? Não, isso não é verdade. O problema está na qualidade dos pneus comprados para reposição, para substituir o jogo original.

Se o dono do carro comprou os pneus de mesma marca e o mesmo modelo que o instalado na linha de montagem, eles terão a mesma durabilidade e vão oferecer o mesmo desempenho dos pneus originais. Mas, o problema é que na reposição existem todos os tipos de pneus. Desde aqueles idênticos aos originais, até aqueles de qualidade mais que duvidosa. E tem até loja vendendo remoldado como se fosse um pneu zero quilômetro.

durabilidade do pneu

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

5 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Junior 19 de outubro de 2018

    Tem diferença sim entre os pneus usados na montadora e os de reposição.
    Na linha de produção, os pneus são selecionados de acordo com suas características técnicas (controladas 100%) em três categorias, pneus para montadoras (dentro de uma especificação mais rigorosa), pneus para reposição (acima da especificação da montadora) e pneus para mercados menos exigentes como África do Sul (com variação maior ainda nas tolerâncias). Portanto, os pneus terão não só durabilidade diferente como também o desempenho.

  • Pércio Guimarães Schneider 19 de outubro de 2018

    Nem sempre terão a mesma durabilidade. Ainda que sejam idênticos aos originais de fábrica em marca, modelo e medida, o veículo não estará mais nas mesmas condições. Por já ter rodado milhares de quilômetros seus componentes estarão desgastados e com alguma fadiga. Amortecedores, buchas, coxins e outros componentes não tem a mesma resposta. Também surgem folgas e tudo isso exerce influência direta nos resultados com pneus.

  • Samarone 18 de outubro de 2018

    Comprei um carro zero que vieram com pneus goodyear acabaram com 30K, substitui por continental duraram 60K, depende da escolha, brasileiro ainda não sabe ler pneu.

  • Percival 18 de outubro de 2018

    Não concordo, já usei pneus da pirelli, goodyear, e duraram bem menos que o original, o mesmo acontece com a substituição de peças, mesmo trocando na concessionária, qualidade inferior.

  • Luiz Alberto valadares junior 18 de outubro de 2018

    Boris, bom dia! A moda, pelo que parece será a implementação de motores turbo nos carros 1.0. Gostaria de saber se a durabilidade destes motores são confiáveis. Quando estiverem acima dos 60.000 km, a manutenção será dispendiosa? Agradeço pela atenção.

Deixe um comentário