É possível recuperar a roda de liga leve?

Por BORIS FELDMAN06/05/18 às 07h00

As rodas de liga leve dão um charme a mais aos automóveis. Por isso elas fazem tanto sucesso. Só que o alto preço leva algumas pessoas a consertá-las quando elas sofrem algum impacto mais forte ou depois de a rasparem em uma manobra. É bom ficar esperto com isso.

[TRANSCRIÇÃO]

É possível consertar uma roda de liga leve? Depende do tamanho do estrago. Se ela esbarrou ligeiramente no meio fio, na guia, numa pedra ou no concreto, e acabou arranhada, raspada e exige um reparo de pouca profundidade, uma lixada, uma pequena usinagem ou aplicação de apenas uma pequena camada de solda com finalidade puramente estética, sem problema. Mas é uma decisão que depende muito do critério técnico dessa oficina de reparação.

Porque se o impacto de proporções amassou, empenou um pedaço da roda ou se uma parte dela se quebrou, ou apareceu uma trinca, aí é impossível e não se recomenda em hipótese alguma o reparo.  Pois, ele vai exigir uma reconstituição da peça que pode ficar perfeito a olho nu, com a aparência perfeita. Porém, pode ter ficado uma porosidade, uma trinca interna que só se percebe utilizando aparelhos sofisticados e muito caros do tipo ultrassom, o que só existem nas fábricas de rodas e dificilmente em uma oficina de reparação. E são exatamente essas porosidades ou trincas internas que podem não resistir quando submetidos a um esforço severo provocando o rompimento da roda e consequências graves.

rodas de liga leve

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário