Manual com 350 páginas, ninguém lê!

Por BORIS FELDMAN24/04/18 às 20h55

A maioria das pessoas não gostam de ler os manuais de instruções. Inclusive o manual do carro. Ainda bem que a inteligência artificial está chegando para ajudar os avessos a leitura técnica.

[TRANSCRIÇÃO]

Não tem dúvida que o manual de instruções do automóvel é muito importante para o motorista ter melhor controle do seu carro. Porém, eu confesso que de uns anos para cá, com essa quantidade de eletrônica e de novas tecnologias, os manuais que há 20 ou 30 anos atrás tinham 50, 60 páginas, viraram hoje verdadeiros calhamaços, alguns com mais de 300 páginas.

E para complicar mais as coisas, ainda tem importadoras que trazem o automóvel com o manual do português de Portugal, que em vez de falar perua ou Station Wagon, fala carrinha. Freios? São travões. E outras complexidades. Por isso é que foi muito bem-vinda a ideia da Volkswagen, de equipar o Virtus com uma inteligência artificial desenvolvida pela IBM, que responde ao vivo, e às vezes em cores, as perguntas do motorista relativas ao funcionamento e aos problemas do automóvel.

pessoas não gostam de ler os manuais de instruções

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário