Por que o carro desce sozinho?

Por BORIS FELDMAN14/05/18 às 21h30

O freio de mão, se não usado da forma correta, pode te deixar em uma enrascada. É melhor ser meio bruto com ele, do que delicado demais.

[TRANSCRIÇÃO]

Uma das piores notícias que o motorista pode receber é de que o automóvel, que deixou estacionado numa ladeira, acaba de descer sozinho morro abaixo e, por sorte, só houve dano material. E, por que é que isso acontece? Por três negligência do motorista: na primeira, ele deixou de virar as rodas contra o meio fio, a guia, não encostando-as para não danificar o pneu, mas apenas por medida de segurança; em segundo lugar, não segurar o automóvel apenas com o freio de estacionamento, mas fazendo uso também do câmbio engrenando marcha ré, a primeira, ou ainda no caso do automático, colocando alavanca em P de parking; em terceiro lugar, nada de puxar o freio de estacionamento com muita delicadeza, com muito cuidado, tem que ser com força mesmo.

Sabe por quê?Ao estacionar o automóvel ele estava com os componentes do freio aquecidos e,portanto, dilatados. Depois de algum tempo eles se resfriam e voltam para as dimensões originais e duas partes que estavam presas, grudada uma na outra, podem se desprender e o freio deixa de atuar e o carro desce ladeira abaixo. É por isso que o freio de estacionamento, o freio de mão, é o único comando do carro que não deve ser acionado com delicadeza.Português

o freio de mão

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário