Uma novidade criada na década de 30!

Por BORIS FELDMAN30/10/16 às 15h55

Henry Ford sempre teve birra do carro com três pedais, a partir do raciocínio simples e lógico de que o homem tem apenas dois pés… e insistiu o quanto pode para se abolir um deles, deixando apenas um para freiar, outro para acelerar. Como nos carros com câmbio automático.

Quem dirige automóvel com câmbio manual passa pelo suplício de usar a embreagem dezenas de vezes quando está no trânsito urbano cada vez mais caótico. Além disso, passa também pela exigência de coordenação motora para arrancar depois de parar num subida seja pelo trânsito congestionado, seja pelo sinal vermelho lá na frente.

Um dos dispositivos oferecidos recentemente em carros mais sofisticado é o “assistente de rampa” ou “hill holder”, que segura na subida, em inglês. Para arrancar nesta situação, o motorista é obrigado a tirar o pé direito do freio para acionar o acelerador. Enquanto o esquerdo está pressionando a embreagem. O que faz o “hill holder?” Mantem o carro freado ao arrancar na subida, evitando aqueles perigosos centímetros (ou metros…) que ele retrocede antes de começar a subir o morro. E que pode resultar numa batida no carro que esteja atrás.

Existem dois tipos deste dispositivo. O primeiro segura o carro apenas alguns segundos, tempo suficiente para o motorista acionar acelerador e embreagem para arrancar. Outro mantem o carro parado até que o acelerador seja acionado, não importa quanto tempo. Apesar do “hill holder” ser muito prático para o carro com câmbio manual, ele é instalado também em vários modelos mais modernos com caixa automática. Onde ele não é tão importante pois, sem a embreagem, o motorista pode manter o freio acionado com o pé esquerdo enquanto acelera com o direito.

O dispositivo é muito prático mas não é moderno como muitos pensam: a marca norte-americana Studebaker inventou o mesmo sistema no final da década de 30, chamado “freio de rampa”. Obviamente que seu funcionamento era todo mecânico, pois não existia a eletrônica…

Veja mais sobre:


Boris Responde

Tem alguma dúvida sobre o funcionamento do seu carro? O que vai melhor no carro flex: gasolina ou etanol? Quando substituir o cinto de segurança? Com que frequência trocar o óleo do motor? O Boris responde essas e outras dúvidas. Digite sua pergunta na caixa abaixo.


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário