Defender Works: edição comemorativa equipada com V8 “bruto”

Mas não se anime, jovem padawan! Serão vendidas apenas 150 unidades; Brasil não receberá nenhuma

Por AutoPapo19/01/18 às 10h33

A Land Rover apresentou o Defender Works V8. 150 unidades da edição serão comercializadas. Todas equipadas com um motor 5.0, que entrega 405 cv de potência e generoso torque máximo de 52,5 kgfm. É ou não é uma comemoração de respeito?!

O Defender mais rápido já produzido é uma homenagem ao 70º aniversário da marca. Seu visual lembra o Land Rover Série III Stage 1, de 1979, que vinha equipado com motor V8 3.5, que gerava 91 cv de potência. São 314 cv a menos que a edição especial.

O câmbio do utilitário britânico é um automático ZF de oito marchas. Suas rodas aro 18 têm liga de diamante e são equipadas com um novo sistema de freios. O Land Rover Defender Works sai de inércia e atinge os 100 km/h em apenas 5,8 segundos. Apenas como medida de comparação, o Ford Mustang GT 1979, ano inglório para o pony car, ia de 0 a 100 km/h em 9,6 segundos.

Nenhuma das unidades comemorativas virá para o Brasil. O preço da versão mais simples da Defender Works é equivalente, em conversão direta, a R$ 670,1 mil.

“A ideia de reintroduzir um Defender V8 é algo que discutíamos desde 2014, quando ainda estávamos produzindo o Defender em Solihull. Sabíamos que haveria demanda para um Defender mais potente e mais rápido”, explica Tim Hanning, diretor da Jaguar Land Rover Classic.

Curiosidade

Os 150 chassis usados na edição comemorativa do utilitário foram construídos entre 2012 e 2016. Eles rodaram até 32 mil quilômetros e agora recebem as configurações inéditas.

O Land Rover Defender começou a ser produzido em 1948 e foi, infelizmente, descontinuado em 2016.

Fotos: Divulgação

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário