Dono de Kombi Last Edition será ressarcido por propaganda enganosa

Montadora prometeu fabricar apenas 600 unidades da edição especial, mas acabou dobrando a produção

Por AutoPapo31/08/16 às 18h36

A Vokswagen terá de ressarcir um cliente em R$ 83 mil. Em decisão da 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), ficou definido que a montadora terá de devolver o valor pago pela Kombi Last Edition, com devidas correções, por causa de propaganda enganosa.

(Volkswagen/Divulgação)

À época, em 2013, a montadora lançou edição especial da Kombi, que deixava o mercado depois de 56 anos de serviços prestados. A princípio seriam produzidas e comercializadas 600 unidades do modelo. Contudo, depois de muitos compradores já terem feito reservas, a Volkswagen anunciou que faria mais 600 Last Edition – o que irritou a maioria dos clientes que já haviam garantido a versão.

Alegando ter sido motivado pela campanha publicitária do modelo, um consumidor de Santo Antônio do Monte, Centro-Oeste de Minas Gerais, comprou uma das 600 unidades da Last Edition. Por se tratar de edição especial, o valor do veículo estava acima do preço de uma Kombi usual. Vale lembrar que o veículo custava cerca de R$ 47 mil enquanto a versão comemorativa era comercializada por R$ 85 mil.

A Vokswagen recorreu, mas não teve sucesso com o recurso e terá de ressarcir o proprietário da Kombi. De acordo com o relator, “a versão Last Edition do modelo Kombi fabricado pela montadora foi imaginado para satisfazer uma clientela específica, notadamente colecionadores interessados em adquirir aquela que seria a última linhagem do automóvel, cuja comercialização seria interrompida”.


VEÍCULOS RELACIONADOS

Veja mais sobre:


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário