FCA se desinteressa por negociação com Great Wall

Italiana afirma que ainda não está segura se chinesa é melhor compradora

Por AutoPapo10/10/17 às 14h41

As negociações entre o grupo FCA e a chinesa Great Wall enfrentam obstáculos. O CEO da italiana, Sergio Marchionne, divulgou um comunicado informando que as duas companhias têm muitas incompatibilidades, noticiou a agência Reuters. Em agosto, foi noticiado que a fabricante chinesa Great Wall estava interessada na compra da marca Jeep, do grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA).

Jeep FCA Great Wall
(Jeep/Divulgação)

A FCA está buscando parcerias, há algum tempo, para reduzir os custos de sua operação. O grupo estaria interessado em vender partes da Jeep, RAM, Chrysler, Dodge e Fiat. Em agosto, a Great Wall fez uma oferta pela Jeep, segundo noticiou o site Automotive News. Na ocasião, a chinesa se mostrou disposta a negociar a compra da fabricante, ainda que tivesse que levar outras marcas da FCA no pacote.

Entretanto, hoje, 10, o CEO Marchionne afirmou que ainda há “questões sensíveis com relação a fusões transnacionais” por resolver. Ele também comentou que uma agregação com a Great Wall seria difícil, pois as duas companhias não têm compatibilidades em termos de mercado ou produtos.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário