Flesby 2 leva “borracha do futuro”, e-Rubber, para o Salão de Tóquio

Projeto da Toyoda Gosei é revestido com airbags externos de material inteligente

Por AutoPapo28/10/17 às 12h57

A Toyoda Gosei, fabricante japonesa especializada em plásticos, borrachas e LEDs, é responsável pela exibição de um dos conceitos mais malucos do Salão de Tóquio. O Flesby 2 é revestido de “bolhas” de borracha que servem como proteção para pedestres. O material, desenvolvido pela própria empresa, parece ter saído de um filme de ficção científica.

O Flesby 2 ilustra a visão da fabricante de um veículos ultra-compacto para 2030, segundo a própria. Sua carroceria conta com aplicações de uma borracha especial, pensada para oferecer mais segurança, absorvendo impactos caso entre em contato com pedestres. “Colocamos airbags, que são empregados principalmente no interior do carro, no exterior, como sua capota ou para-choques, para proteger todo o corpo”, esclareceu o diretor da empresa, Takashi Ishikawa, à agência Reuters.

Flesby 2 é equipado com borracha inteligente e-Rubber

Toyoda Gosei Flesby 2 Salão de Tóquio 2017
(Toyoda Gosei/Divulgação)

Os airbags do Flesby 2, entretanto, não são como as bolsas de ar que equipam veículos atualmente. O material é uma borracha inteligente, a e-Rubber, desenvolvida pela Toyoda Gosei, que é detentora de uma patente exclusiva. Com o desenvolvimento futuro da tecnologia, a fabricante planeja criar um Flesby que mude de forma.

O material tem a capacidade de se transformar a partir da aplicação de uma corrente elétrica. Ou, na definição da fabricante: “e-Rubber é um dispositivo versátil de polímero inteligente da próxima geração, como um transdutor eletromecânico que transduz energia elétrica de e para movimentos mecânicos”.

A Toyoda Gosei não esclarece, no entanto, para qual(is) forma(s) pretende mudar o Flesby no futuro, deixando as possibilidades para nossas imaginações.

O conceito exposto no Salão de Tóquio ainda não tem a capacidade de se metamorfosear, mas já é equipado com a e-Rubber de última geração. Os airbags de borracha também contam com o recurso de exibir mensagens para outros motoristas através de LEDs. O Flesby 2 é a segunda versão do projeto de automóvel, que foi inicialmente exibido pela empresa japonesa em 2013.

Toyoda Gosei desenvolve e-Rubber desde 2007

(Toyoda Gosei/Divulgação)

A Toyoda Gosei trabalha no desenvolvimento da e-Rubber desde 2007 e enxerga a aplicação do material em áreas da robótica, medicina e sensores táteis em dispositivos eletrônicos. Já as tecnologias empregadas na criação do material são estudadas globalmente desde 1990.

A empresa japonesa foi fundada em 1949 como spin-off de uma divisão do Grupo Toyota, que controla parte de seu capital, e para o qual é a principal fornecedora de materiais não-metálicos.

Em 2013, a fabricante abriu uma fábrica no Brasil, em Itapetininga, São Paulo. Em junho deste ano, a Toyoda Gosei recebeu a Medalha pela Contribuição e Desenvolvimento da Nanociência e Nanotecnologias da UNESCO.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário