Honda confirma mais uma morte por causa dos airbags da Takata

Acidente ocorreu em 2016, na Florida; é a décima primeira fatalidade nos Estados Unidos diretamente ligada à empresa japonesa de componentes automotivos

Por AutoPapo11/07/17 às 14h46

A Honda confirmou ontem (10) mais uma morte envolvendo os problemáticos airbags da Takata. O caso ocorreu em junho do ano passado, no estado da Flórida, nos Estados Unidos. Esta é a décima primeira fatalidade confirmada envolvendo o produto defeituoso da produtora de componentes nipônica em solo norte-americano. No resto do mundo o número sobe para 17.

De acordo com a Honda, um homem – que não era proprietário do veículo – realizava reparos no painel de um Accord 2001. Ele usava um martelo e o carro estava com a ignição ligada. Em dado momento o deflagrador, recipiente de metal que contém produto químico gerador de gás, explodiu e rompeu a bolsa.

Takata

No entanto ainda não se pode afirmar se a causa da morte envolve os estilhaços de metal do deflagrador ou a explosão do airbag aliada ao martelo que o indivíduo carregava. Das 17 fatalidades envolvendo airbags da Takata, 16 ocorreram em um veículo da Honda. Outro caso aconteceu em um automóvel da Ford.

Protagonista do maior recall da indústria automobilística da história, a Takata entrou com pedido de recuperação judicial no dia 25 do último mês. O defeito afetou mais de 100 milhões de airbags e, além dos mortos, deixou quase 200 pessoas feridas.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário