Mais um SUV da Hyundai

Sul-coreana apresenta o Kona, utilitário esportivo que traz nova identidade visual e surfa na onda do mercado se valendo do nome de uma ilha havaiana

Por Daniel Camargos14/06/17 às 08h39

Um desafio: liste todos os utilitários-esportivos da Hyundai. Não vale colar. Conseguiu? Então, acrescente mais um: o Kona, apresentado na Coreia do Sul e que será vendido na Europa e Estados Unidos a partir do segundo semestre. O nome remete a uma ilha havaiana, assim como o Creta, que teve o batismo inspirado em uma ilha grega.

Um detalhe curioso: Cona, com a letra c, em Portugal é uma maneira pejorativa de se referir ao órgão sexual feminino. Para não ofender as patrícias, o SUV vai receber o nome de outra ilha havaiana na terra de Camões; Kauai.

VEJA TODOS OS SUVS VENDIDOS PELA HYUNDAI NO BRASIL

Ilhas a parte, vamos ao Kona. O SUV inaugura uma plataforma nova da Hyundai-Kia, que será compartilhada com o ainda inédito Kia Stonic. Aquele visual meio anódino dos SUVs da marca, que, convenhamos, já está com a beleza gasta, foi deixado de lado com o Kona.

Na dianteira o destaque é a grade imensa, que parece espremer os faróis, reduzidos a apenas dois filetes de LED. Os faróis de neblina tem uma proeminência muito maior. Os alvos do Kona são outros asiáticos que fazem sucesso mundo afora, como o Honda HR-V e o Toyota CH-R, além do brasileiro Ford EcoSport.

Com 4,10 m de comprimento, 1,80m de largura e 1,55m de altura o Kona é menor que o Creta (17 cm a menos de comprimento, 2 cm mais estreito, 8 cm mais baixo), porém, a mágica é no entre-eixos, que apesar das dimensões, consegue ser 1 cm maior que o irmão.

A Hyundai destaca o pacote de tecnologia do modelo, que vai de carregador wireless para celulares, passa pelo quadro de instrumentos com película fina e interface de espelhamento compatível com todos os sistemas operacionais. São duas opções de motorização para o mercado europeu: 1.0 a gasolina, que rende 120 cv, com câmbio manual de seis marchas e o 1.6, a gasolina, com 177 cv de potência, com caixa dupla de embreagem e sete velocidades, além de tração integral.

E o Brasil?

Vale lembrar que a marca acabou de lançar o Creta e ainda oferece por aqui mais quatro suvs: Tucson, ix35, New Tucson e Santa Fé. Portanto, não alimente grande expectativa.

CONFIRA COMPARATIVO ENTRE TRÊS SUVS VENDIDOS NO BRASIL

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Car_Drive 1 de fevereiro de 2018

    Tentaram fazer um visual arrebatador como o da Toro, mas, não conseguiram tal proeza, o desenho apesar de agressivo ficou poluído visualmente, ao contrário que os designers Italianos e brasileiros conseguiram deixar a Toro agressiva, imponente e ao mesmo tempo elegante!

    • Avatar
      geraldo 20 de fevereiro de 2018

      mas nao presta

  • Avatar
    Maurício Souza 22 de fevereiro de 2018

    É por que não tem….

Avatar
Deixe um comentário