Mercedes-Benz Classe C

Alemão agora é pé de cana

Por AutoPapo03/04/16 às 16h48

A Mercedes-Benz apresentou o C 180 agora com a tecnologia flex fuel. A motorização, disponibilizada para o mercado nacional, tem a mesma potência e torque ao automóvel, independente do uso de gasolina ou etanol. Nenhum dos sistemas originais do veículo foram alterados para aplicação da tecnologia.

(Mercedes-Benz/Divulgação)

Atualmente, o C 180 representa 43% do mix de vendas da família Classe C.

A marca deu início à produção de automóveis no Brasil com a nova fábrica em Iracemápolis, localizada no interior de São Paulo. O Brasil passou a ser o quinto local de produção do Classe C e o primeiro mercado a oferecer o modelo com motorização flexível. Atualmente o veículo é fabricado na Alemanha, África do Sul, Estados Unidos e China.

Além da versão de entrada, a C180, há a intermediária C 200 com motor 2.0 turbo de 184cv e torque de 30,6 kgfm. A topo de linha é a C 250 Sport, com propulsor 2.0 turbo, que desenvolve 211cv e 35,7 kgfm.

Desde a versão básica, o Classe C já vem de série com ar-condicionado, sete airbags, freio de estacionamento elétrico, sistema Start-Stop, direção elétrica, sensor de chuva, controle de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampa, rodas de liga leve aro 17, tela de sete polegadas, sistema de som com Bluetooth, GPS e faróis full LED. A C 200 acrescenta teto solar, banco do motorista com regulagens elétricas e sistema que estaciona o carro sozinho. Já a C250 traz a mais tela de 8,4 polegadas, banco do passageiro com ajustes elétricos, leitor de DVD, rodas aro 18 e acabamento AMG.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário