Mercedes Classe X vai sair de linha antes de chegar ao Brasil

Depois de cancelar a fabricação da picape em parceria com a Nissan na Argentina, a Daimler vai tirar o modelo de linha na Europa após apenas dois anos

Por AutoPapo16/07/19 às 18h15

Depois de anunciar que não iria mais fabricar a picape Mercedes Classe X na Argentina, parece que a Daimler vai desistir inteiramente do modelo. Segundo informações obtidas pelo site europeu Automotive News, a fabricante vai tirá-lo de linha na Europa após apenas dois anos de vendas.

Depois de cancelar a fabricação da Mercedes Classe X em parceria com a Nissan na Argentina, a Daimler vai tirá-la de linha na Europa após apenas dois anos.

O veículo, primeira picape da marca alemã, é fruto de uma parceria entre Daimler, Nissan e Renault. Ele conta com a mesma plataforma usada na Nissan Frontier e Renault Alaskan, esta última, que também flertou com o mercado brasileiro.

A parceria definia que a Mercedes Classe X seria fabricada pela Nissan na cidade de Santa Isabel. Como parte do acordo, a alemã chegou a investir 150 milhões de Euros para desenvolver a planta, segundo foi apurado pelo AutoPapo.

De lá, a picape viria para o Brasil, da mesma forma que a irmã Nissan Frontier. Contudo, em abril, a Daimler, empresa que controla a marca Mercedes-Benz, mudou de ideia. Em um comunicado oficial para a Argentina, ela informou que não iria mais fabricar o modelo no país vizinho.

mercedes benz classe x picape lateral

As razões para a decisão não foram explicitadas pela companhia, mas ela citou a instabilidade econômica na Argentina como um dos fatores. Também é possível que a prisão do brasileiro Carlos Ghosn, que coordenava a aliança Renault-Nissan, tenha tido algum impacto no desfecho.

Mercedes Classe X sairá de linha na Europa

Agora, segundo o Automotive News, a Daimler também vai retirar o modelo da Europa. A primeira picape da Mercedes-Benz foi lançada em 2017, e mal terá alcançado dois anos de mercado antes do fim.

De acordo com a publicação, as razões para a Mercedes Classe X ser abandona são econômicas. A companhia está prevendo uma diminuição em seus lucros no futuro, em especial, devido a exigências ambientes sobre motores a diesel no velho continente.

mercedes benz classe x picape traseira Depois de cancelar a fabricação da Mercedes Classe X em parceria com a Nissan na Argentina, a Daimler vai tirá-la de linha na Europa após apenas dois anos.

Outro fator que tem aumentado os custos da empresa é o recall de airbags da Takata, o mais abrangente da história.

Além disso, também segundo a publicação, foram vendidas apenas 16.700 unidades da Mercedes Classe, no ano passado, em toda a Europa, Austrália e África. O baixo volume de vendas pode ser explicado, entre outros, pelo alto custo do modelo em relação a concorrentes.

Fotos Mercedes-Benz | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Marcus Vinicius 17 de julho de 2019

    A mercedes não aproveitou muito bem essa parceria com renault/nissan , a classe X poderia ter feito na fábrica da nissan no México junto com a Frontier/Navarra , para que fosse exportada para os Estados Unidos.

Avatar
Deixe um comentário