Novo Polo: apareceu e cresceu

Modelo foi apresentado hoje na Alemanha e deve chegar ao Brasil no final deste ano

Por AutoPapo 16/06/17 às 09h54

A Volkswagen apresentou hoje, na Alemanha, o novo Polo. O hatch chega à sexta geração bem maior e recheado de tecnologia. A previsão é que até o final deste ano o modelo volte a ser vendido no mercado brasileiro. Ao compará-lo com a quinta geração o crescimento é superlativo. Foram mais 7 cm de comprimento e 9,4cm de entre-eixos. O porta-malas passou de 280 litros para 351 litros.

O novo Polo VW

O Polo ficará posicionado acima de Gol, up!, Fox e abaixo do Golf, na vasta gama de hatchs da VW. O hatch agora tem 4,05m de comprimento, 1,74m de largura e entre-eixos de 2,56m. Para efeito de comparação: ficou 16cm mais comprido que o Gol e 20cm menor que o Golf. No Brasil, a VW ainda não cravou qual motor equipará o modelo. Sabe-se apenas que não haverá desenvolvimento de um novo propulsor e que a alemã se valerá de um dos modelos presentes na linha atual, como os turbo 1.0 e 1.4 TSI, além dos aspirados 1.0 MPI e 1.6 MSI.

Já na Europa é certo que usará uma vasta variedade de motores, com opções 1.0, 1.5 e 2.0, incluindo a gás e a gasolina (turbo e aspirado). Há também o 1.6 a diesel.

O modelo europeu conta com controle eletrônico de estabilidade e tração, controle de cruzeiro adaptativo, alerta anticoalizão frontal, sensores de ponto cego, frenagem automática para pedestres para evitar acidentes e mais uma lista de itens de série. Vale ressaltar que esse recheio todo não está confirmado para o mercado brasileiro. A VW, provavelmente, sabe que pode beliscar os compradores dos modelos topo de linha do Chevrolet Onix e do Fiat Argo, por exemplo. Por isso, não pode exagerar no preço ou perderá competitividade.

O painel é totalmente digital e tem uma tela sensível ao toque de 8 polegadas. Destaque também para os contornos em LED nos faróis e lanternas, que conferem um respiro jovial ao modelo com DNA clássico (para o o bem ou para mal) da VW.

A versão sedã do Polo já foi flagrada em testes e receberá o nome de Virtus. A previsão é que chegue ao Brasil no ano que vem e fique acima do Voyage e abaixo do Jetta na linha dos alemães.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário