O Centenario perdeu o teto, mas não perdeu a pose

Lamborghini produzirá 20 unidades do modelo em sua versão conversível

Por AutoPapo23/08/16 às 17h53

A Lamborghini revelou na última semana, na Monterey Car Week, o Centenario Roadster, variante conversível do modelo apresentado no último Salão de Genebra. O carango faz parte da homenagem ao fundador da marca que, se estivesse vivo, teria completado 100 anos em abril. A produção do Roadster será limitada em 20 unidades e vale destacar que todas já têm um proprietário – tendo sido previamente encomendadas por senhoras e senhores com muita grana nos bolsos.

(Lamborghini/Divulgação)

Segundo a fabricante, o modelo incorpora as qualidades intrínsecas à visão de Ferruccio Lamborghini. O Roadster também divide com o Centenario o mesmo propulsor. O modelo conta com motor 6.5 V12 que rende 770 cv de potência e ostensivos 70,4 kgfm que leva o rapagão do 0 aos 100 km/h em meros 2,9 segundos (um décimo mais lento que o cupê). A velocidade máxima é de 350 km/h e o sistema de freios leva apenas 290 m quando acionado para fazer com que o carro pare – isso quando ele está a 300 km/h.

O teto do conversível, pelo visto, não tem “mimimis” e o acionamento é provavelmente manual. Em comparação ao cupê, o Roadster ficou 50 kg mais pesado, totalizando 1.570 kg. Mesmo com todos esses predicados dignos de um supercarro, o modelo conta com central multimídia com tela sensível ao toque com navegador de internet e compatível com o Apple CarPlay (não sei para quê). Contudo, o sistema tem programa de telemetria que registra dados importantes referentes ao comportamento do carro. Nada mal.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário