O que podemos aprender com vídeos de acidente do YouTube?

Nestes vídeos de batidas gravados por câmeras dentro da cabine, fica muito claro onde o motorista errou - e onde você pode se salvar

Por Bárbara Angelo22/09/18 às 10h00

É comum encontrar compilações de vídeos de acidente no YouTube e similares. Muitas vezes, as cenas servem para assustar ou até fazer rir – a depender do desfecho, claro. Outras vezes, entretanto, as imagens podem ter um teor educativo. Pensando assim, selecionamos uma sequência de vídeos de acidente na qual é possível observar onde o motorista errou, e como ele deveria ter agido. Veja as imagens abaixo e, na sequência, confira nossos comentários:

1. Dirija por você e pelos outros

Selecionamos uma compilação de vídeos de acidente onde é possível observar onde o motorista errou, e como ele deveria ter agido.

No primeiro vídeo da sequência, o motorista do sedã cinza perde o controle do veículo, atravessa a pista, e vai colidir com uma picape que estava à esquerda. A picape capota após a batida. Antes disso, se observamos o comportamento do sedã, vemos que ele foi fechado por um trailer, que estava entrando na via, pela direita.

O erro do motorista foi ter insistido em seguir na via apesar do trailer estar se aproximando dele. Mesmo que a preferência fosse do sedã, no trânsito, é melhor estar seguro do que estar certo.

2. Cuidado com areia e terra

Selecionamos uma compilação de vídeos de acidente onde é possível observar onde o motorista errou, e como ele deveria ter agido.

Na terceira parte dessa seleção de vídeos de acidente, acontece algo semelhante à primeira situação. Dessa vez, entretanto, podemos observar um outro elemento envolvido no acidente. O motorista do utilitário perdeu o controle do veículo quando o hatch esbarrou em sua lateral, na faixa à direita.

O que complicou as circunstâncias, aparentemente, é que havia areia ou terra no acostamento da via. Isso dificulta a direção de carros, especialmente em alta velocidade, e é necessário cautela por parte do condutor quando perceber que se aproxima de trechos que não são asfaltados.

3. Observe o trânsito antes de entrar na via

Selecionamos uma compilação de vídeos de acidente onde é possível observar onde o motorista errou, e como ele deveria ter agido.

Neste caso, fica bastante óbvio onde o motorista errou. O condutor do compacto vermelho entrou na via de trânsito sem a devida atenção, à direita da estrada. Para piorar, sua intenção era ir para a mão da esquerda, o que o fez atravessar metade da via.

É possível que ele estivesse olhando para o outro lado da estrada na hora da travessia, e não viu o carro que se aproximava dele em alta velocidade. A colisão foi inevitável. Em situações como essa, alguns recomendam que o motorista olhe três vezes para a pista que vai adentrar: para um lado, para o outro, e novamente para o primeiro. Assim, ele pode ter certeza de que não deu tempo de um carro se aproximar enquanto ele olhava para o outro lado.

4. Pare, olhe, e olhe de novo

Selecionamos uma compilação de vídeos de acidente onde é possível observar onde o motorista errou, e como ele deveria ter agido.

Em cruzamento de vias de trânsito com trilhos de trem, vemos, usualmente, uma placa onde se lê: “Pare, olhe, escute”. Entretanto, a recomendação já pode estar ultrapassada. Com o avanço da tecnologia, começam a ficar comuns trens e similares que são mais silenciosos. Assim, um vagão enorme pode estar passando, e não faz som algum. Diante disso, o ideal é olhar para as duas direções do trilho para ter certeza de que você não vai colidir contra um trem.

5. Cuidado com vias estreitas

Selecionamos uma compilação de vídeos de acidente onde é possível observar onde o motorista errou, e como ele deveria ter agido.

Em ruas estreitas, que só comportam um veículo de cada vez, o cuidado do motorista deve ser redobrado. Nesta parte da compilação de vídeos de acidente, o condutor do carro com a câmera fez a coisa certa. Ele se deslocava devagar, e por isso foi capaz de parar a uma distância segura da van que capotou.

6. Esqueça o celular

Selecionamos uma compilação de vídeos de acidente onde é possível observar onde o motorista errou, e como ele deveria ter agido.

A falta de atenção ao volante tem se mostrado uma das maiores causas de acidente no mundo, e uma das razões para isso é o uso de celular por parte de motoristas. Neste vídeo, que aparece aos 4:23 na sequência, podemos ver isso em primeira mão. O condutor do carro com a câmera acabou de entrar na via, quando seu celular toca.

Podemos ouvi-lo atender à chamada: “Oi, Jen, como está você?”. Nesse mesmo momento, ele avança um sinal vermelho e bate contra um carro que estava bem na frente dele. De acordo com uma pesquisa da Organização Mundial de Saúde, o uso de celular ao volante, mesmo com o viva-voz, aumenta em quatro vezes a chance de o motorista se envolver em um acidente. Por isso, pela sua própria segurança e pela dos outros, pare o carro antes de usar o celular.

7. Cuidado em cruzamentos sem semáforo

Selecionamos uma compilação de vídeos de acidente onde é possível observar onde o motorista errou, e como ele deveria ter agido.

Cruzamentos sem semáforo, especialmente se houver muitas ruas envolvidas, são especialmente perigosos. Ainda que a legislação dê conta de atribuir preferências e os motoristas possam se organizar para fazer a travessia de forma ordenada, você nunca sabe quando um turista ou estrangeiro vai passar pelo local, ignorando as regras.

Isso pode, ou não, ter sido o que aconteceu neste vídeo. Mas fica claro que o local tem um fluxo de trânsito complicado, exigindo maior atenção do condutor.

8. Invista em segurança

Selecionamos uma compilação de vídeos de acidente onde é possível observar onde o motorista errou, e como ele deveria ter agido.

Como é possível ver nesses vídeos de acidente, muitas vezes, o erro é dos outros, mas acabamos envolvidos na batida. Em outros casos, o erro é nosso, mas do outro lado há um caminhão, ao invés de outro carro. Por tudo isso, é importante pensar na segurança na hora de comprar um veículo. Alguns oferecem uma resistência maior a batidas do que outros, e essa pode ser a única diferença entre um susto e uma tragédia.

9. Mais devagar na faixa da direita

Selecionamos uma compilação de vídeos de acidente onde é possível observar onde o motorista errou, e como ele deveria ter agido.

Essas cenas deixam claro por que a faixa da direita deve ser usada com muita paciência, especialmente se a da esquerda estiver ocupada. Neste caso, a visão do motorista do carro com a câmera estava totalmente bloqueada. Mas isso não impediu que ele passasse pela via em alta velocidade, ignorando que a van à sua esquerda estava parada.

Mais à frente, ele descobriu que a parcimônia da van não era lerdeza, mas um pequeno carro que fazia uma conversão. A colisão também foi inevitável nesse caso, graças à imprudência do condutor. Vale lembrar que o Smart que atravessava a faixa também estava errado, e deveria ter feito um retorno para pegar a via à direita, ao invés de atravessar a rua no meio do nada. A paciência de ambos, portanto, teria evitado este acidente.

10. Use a seta

Selecionamos uma compilação de vídeos de acidente onde é possível observar onde o motorista errou, e como ele deveria ter agido.

Este é um cenário clássico para mostrar a importância da seta, ou luz indicadora de direção. Os carros que se deslocavam na faixa mais distante da câmera tinham duas opções: seguir reto, ou fazer uma curva à esquerda. Na mão contrária, os carros podiam seguir reto ou fazer uma curva à direita.

Da faixa mais distante, sai um sedã preto, que faz uma curva à esquerda. Ele não aciona a seta. Por isso, não havia como o motorista do sedã prata, que seguia em sentido contrário, saber que ele faria essa curva. Graças à preguiça do condutor do sedã preto de colocar a seta, esta lista de vídeos de acidente ganhou mais um item.

11. Aprenda o significado de “prudência”

Selecionamos uma compilação de vídeos de acidente onde é possível observar onde o motorista errou, e como ele deveria ter agido.

Este vídeo acompanha um motorista esquentadinho até ele finalmente cometer um erro e se acidentar, enquanto ouvimos a motorista dentro da cabine comentar algo como “olha esse imbecil”. O “imbecil” ainda teve sorte, pois obviamente não se machucou – nem matou outra pessoa. Mesmo assim, essas imagens são como um vídeo educativo sobre a importância da prudência ao volante.

12. Mantenha distância de veículos grandes

Selecionamos uma compilação de vídeos de acidente onde é possível observar onde o motorista errou, e como ele deveria ter agido.

Nestas cenas, podemos ver um ônibus escolar dando ré em cima do carro que estava filmando. A culpa parece ser do motorista do ônibus – e, de fato, ele não soube fazer a manobra. Entretanto, o condutor do carro poderia, facilmente, ter impedido a batida. Assistindo à cena desde o início, vemos que o carro se aproximou do cruzamento quando já estava havendo algo estranho.

Havia um utilitário no meio da pista, e o ônibus manobrou em volta dele, fazendo uma curva. Mesmo assim, o condutor do veículo tomou sua posição na parada obrigatório, sem dar qualquer espaço para que a confusão se resolvesse. Muito provavelmente, o motorista do ônibus nem viu que o carro se aproximou tanto dele, e deu ré achando que estava livre.

13. Não coloque a vida dos outros em risco

Selecionamos uma compilação de vídeos de acidente onde é possível observar onde o motorista errou, e como ele deveria ter agido.

O último desses vídeos de acidente é, talvez, o mais chocante. As imagens foram feitas pela câmera de um ônibus, que seguia em uma rodovia. Da mão contrária, por detrás de uma barreira divisória, surge um carro em alta velocidade. Ele andava tão rápido que, ao colidir, decolou e voou em cima do ônibus.

Dentro do ônibus, haviam 45 passageiros. Todos se feriram, e alguns sofreram fraturas. Nenhum deles faleceu, o que parece ter sido muita sorte. Esse vídeo mostra que andar em alta velocidade e dirigir de forma agressiva é um comportamento que pode destruir vidas – e não apenas a do próprio motorista. Por isso, seja responsável. Você pode não se importar em arriscar a própria vida, mas tenha a honra de respeitar as vidas das outras pessoas.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário