Onix é o campeão de 2016

Por AutoPapo08/01/17 às 17h35
(Chevrolet/Divulgação)

Pelo segundo ano consecutivo, o modelo mais emplacado no Brasil é o Chevrolet Onix. De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o hatchback fechou o acumulado até dezembro com 153.372 unidades vendidas. Logo em seguida, o Hyundai HB20 aparece com 121.616 emplacamentos. O Ford Ka (76.616) completa o pódio.

Além de ter o campeão de vendas de 2016, a GM fecha o ano com 18,04% de participação de mercado no segmento de automóveis. Outro modelo que ajudou a marca da gravatinha a terminar na liderança foi o Prisma – três volumes derivado do Onix -, com 66.337 emplacamentos. A Hyundai aparece em segundo, com 11,46%, e a Fiat fecha o ano na terceira posição, com 11,28% de market share.

Já no campo dos comerciais leves a Fiat foi imbatível. Strada (59.449) e Toro (41.283) fizeram dobradinha que ajudou a fabricante a garantir 38,42% de participação de mercado nessa seara, muito à frente de Volkswagen, que fechou 2016 com 14,47%, e GM (13,86%). A Toyota (11,43%) ficou na quarta posição graças à Hilux, que encerrou o ano com um acumulado de 34.031 unidades emplacadas.

Somados os segmentos de autos e comerciais leves, 1,98 milhão de veículos foram emplacados em 2016. O número indica retração de 19,7% se comparado com o resultado de 2015 (2,47 milhões).

CONFIRA O TOP 10 DOS AUTOMÓVEIS MAIS VENDIDOS DE 2016:
1- Chevrolet Onix – 153.372
2- Hyundai HB20 – 121.616
3- Ford Ka – 76.616
4- Chevrolet Prisma – 66.337
5- Toyota Corolla – 64.740
6- Fiat Palio – 63.996
7- Renault Sandero – 63.228
8- Volkswagen Gol – 57.390
9- Honda HR-V – 55.758
10- Jeep Renegade – 51.567

CONFIRA O TOP 10 DOS COMERCIAIS LEVES MAIS VENDIDOS DE 2016:
1- Fiat Strada – 59.449
2- Fiat Toro – 41.283
3- Toyota Hilux – 34.031
4- Volkswagen Saveiro – 33.951
5- Chevrolet S10 – 26.558
6- Ford Ranger – 15.812
7- Chevrolet Montana – 14.769
8- Renault Duster Oroch – 14.245
9- Mitsubishi L200 – 9.943
10- Fiat Fiorino – 9.760

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário