[Vídeo] Outubro é um mês “bom pra cachorro”

Programa da Subaru quer encontrar novos lares para cãezinhos abandonados

Por André Almeida21/10/17 às 08h35

Quem nunca se encantou com aqueles comerciais com cãezinhos fofos dentro dos carros que guarde o seu pacote de Biscoitos Scooby. Já faz muito tempo que os cachorros fazem parte dos passageiros dos automóveis de passeio em nosso trânsito diário. Eles estão a bordo em qualquer categoria de veículos, das picapes aos subcompactos.

Mas nem todo “melhor amigo do homem” tem a oportunidade de dar um rolé no possante com seu dono. Não pela falta do veículo, mas por não terem um lar (sniff, sniff). Pensando nisso, a Subaru criou o Subaru Loves Pets Month, (Mês de Amar Os Animais de Estimação, em tradução livre).  Esse programa, que já está em seu terceiro ano, acontece sempre em outubro, mês em que se celebra o Dia Mundial dos Animais. A fabricante japonesa o realiza em parceria com a Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade a Animais (ASPCA). O objetivo é fazer com que os cãezinhos encontrem um novo lar. 

Para se ter uma ideia do tamanho deste projeto, cerca de 110 organizações de proteção animal e 110 concessionárias Subaru em 35 estados norte-americanos receberam subsídios. Foram 285 mil dólares para apoiar 165 eventos de adoção de cães.

Além desse programa, a Subaru também contribuiu com 150 mil dólares, por meio da ASPCA, para o Subaru Loves Pets Rescue Rides.  Esse projeto deu suporte financeiro para 27 organizações de proteção animal que transportam cães de abrigos em condições insalubres para outros locais onde o cãozinho tem uma chance maior de encontrar um lar. Os “pais adotivos” dos pets, durante esse mês, receberão o chamado Kit para pais de estimação, que inclui pequenos brinquedos para os cães mastigarem.

A Subaru mandou bem nessa! Essa iniciativa não tem previsão de vir para o Brasil, mas com certeza agradaria muita gente. Nós curtimos! =)


VEÍCULOS RELACIONADOS

Veja mais sobre:


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário