PAL-V: carro voador será vendido em 2019

Modelo Liberty chega até 180 km/h e está na última etapa do processo de certificação

Por AutoPapo08/03/18 às 15h20

PAL-V Liberty, o primeiro modelo de produção de carro voador do mundo foi apresentado esta semana, no Salão de Genebra. O veículo está na última etapa do processo de certificação, a demonstração de conformidade, e chega ao mecado em 2019.

O carro voador suporta duas pessoas, tem 100 cavalos de potência e alcança 160 km/h na terra e 180 km/h no ar. A aceleração de 0 a 100 km\h é feita em aproximadamente 9 segundos. A autonomia, voando, é de até 500 quilômetros. O Liberty pesa 664 kg.

Carro voador da marca holandesa PAL-V está na última etapa do processo de certificação e começará a ser produzido em 2019. Apresentação do Liberty, primeiro modelo de produção, aconteceu em Genebra.

Desde 2017, quando noticiamos o preço pelo qual o PAL-V Liberty seria vendido (o equivalente, hoje, a R$ 1,95 milhão), a empresa se concentrou no aperfeiçoamento do modelo e na criação do processo produtivo e da cadeia de abastecimento. “Uma vez concedida toda certificação, em 2019 nós entregaremos as chaves do PAL-V Liberty aos nossos primeiros clientes”, completou Dingemanse.

A certificação vai garantir a segurança do carro voador e representará a comprovação de que o veículo pode ser conduzido nas estradas e voar pelo ar. O CEO da PAL-V, Robert Dingemanse, explicou que:  “Um modelo de produção é o último estágio no processo de pesquisa de desenvolvimento, antes de iniciar a produção completa e a entrega. Todas as certificações necessárias para a comercialização serão concedidas com base neste modelo de produção. É o ponto crucial que separa os pioneiros dos sonhadores”.

Mike Stekelenburg, engenheiro-chefe da marca, afirmou que as datas de entrega só serão possíveis porque o Liberty cumpriu todos os regulamentos terrestres e aéreos. Além disso, o carro voador foi produzido com base em tecnologias chanceladas, o que economiza tempo de submeter o protótipo à certificações específicas para cada sistema.

Voar dirigindo (Flydriving) está mais perto do que imaginávamos, mas não é tão simples. O condutor precisa ter licença para carros e giroplanos para pilotar e ou dirigir o carro voador.

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • ::RE 9 de Março de 2018

    Feio como um carro voador deve ser.

Deixe um comentário