Princesa treina para ser “piloto de fuga”

A futura princesa britânica Meghan Markle está aprendendo direção defensiva para fugir de sequestros

Por AutoPapo13/03/18 às 15h48

A futura princesa britânica, Meghan Markle, já tem data marcada para entrar para a família real. No dia 19 de maio, a atriz norte-americana se casará com o príncipe Harry, filho caçula da família real da Inglaterra. Até lá, entretanto, Markle vai ter que provar que será a princesa certa. Para isso, a atriz está se transformando em um piloto de fuga.

meghan markle princesa piloto de fuga
Meghan Markle com o príncipe Harry

Segundo reportou o Daily Mail, a atriz de 36 anos só sabe dirigir veículos com transmissão automática, o que é o mais comum nos Estados Unidos. Agora, para viver com a realeza na Inglaterra, ela está tendo que aprender a controlar automóveis com transmissão manual, conduzir na faixa da esquerda, e também a fugir de criminosos em uma possível tentativa de sequestro.

Para ajudá-la na empreitada, seu noivo, príncipe Harry, está a acompanhando em exercícios práticos em sua residência, no Palácio de Kensington. A futura princesa estaria decidida a dirigir seu próprio veículo na Inglaterra no futuro.

Já o treinamento de piloto de fuga de Markle está nas mãos da equipe policial de proteção do príncipe, que – previsivelmente – se negou a revelar detalhes sobre as técnicas ensinadas no curso. Sabe, entretanto, que a atriz passou por uma simulação de sequestro desempenhada pelo Serviço Aéreo Especial da Inglaterra, ou SAS.

As tropas especiais usaram munição real durante o exercício, considerado uma preparação para entrar na família real britânica. A futura princesa teve que executar uma sequência de procedimentos em situações tensas na simulação, que durou dois dias e foi “pensada para horrorizar qualquer pessoa”, segundo um oficial do SAS contou à publicação.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário