Raro Porsche fabricado em 1957 vai a leilão

Modelo 356A 1500 GS Carrera Coupe foi encontrado em um celeiro na Geórgia, nos Estados Unidos, onde estava há 45 anos; expectativa é de que o esportivo seja arrematado por pelo menos R$ 2,3 milhões

Por AutoPapo08/03/18 às 17h11

Um carro do ano de 1957, bastante enferrujado e precisando de uma restauração completa, seve ser vendido por pelo menos R$ 2,3 milhões nesta sexta-feira (9), em um leilão em Amelia Island, nos Estados Unidos. Antes de julgar o valor exagerado, saiba que o veículo em questão é um Porsche 356A Coupé, na raríssima configuração GS Carrera. A empresa Gooding & Co, responsável pela venda do clássico, o descreve como “uma dos mais excitantes achados de celeiro dos últimos anos”.

Porsche 356A 1500 GS Carrera Coupe vai a leilão

O velho Porsche foi, literalmente, encontrado em um celeiro, na Geórgia, também nos Estados Unidos. Ele estava no local desde 1973, quando foi encostado após ser reprovado em um teste de segurança obrigatório para os veículos em circulação no Estado: durante a inspeção, os freios teriam falhado. Desde então, o 356A Coupé GS Carrera nunca mais rodou.

Apesar da ação do tempo, o antigo esportivo nunca foi restaurado e, assim, preserva várias de suas características originais. O interior, por exemplo, ainda exibe todos os materiais de revestimento, volante e instrumentos instalados na fábrica. O hodômetro registra 52,837 milhas, o que corresponde a cerca de 82 mil quilômetros, valor baixo para a idade do carro.

O motor do 356A Coupé GS Carrera é um quatro cilindros do tipo boxer refrigerado a ar, com 1.500 cm³ de capacidade cúbica, capaz de gerar 100 cv de potência. O propulsor do exemplar encontrado na Geórgia está desmontado, fora da carroceria, mas tem todos os componentes. A numeração do bloco coincide com que está gravada na plaqueta de identificação do veículo.

Um dos motivos do alto valor do Porsche 356A Coupé GS Carrera atualmente, além da raridade, é fama obtida por ele nos anos 50, devido ao desempenho. O veículo consegue acelerar da imobilidade até os 96 km/h em 8,7 s, e atingir a velocidade máxima de aproximadamente 200 km/h. São números respeitáveis ainda hoje, e quase inacreditáveis 60 anos atrás.

Apesar do alto valor de compra do velho Porsche e dos pesados investimentos necessários para restaurá-lo, é possível imaginar que colecionadores de diferentes partes do mundo darão lances milionários no leilão. Afinal, não é todo dia que se tem a oportunidade de levar um raro esportivo dos anos 50 para a casa, e ainda com carroceria pintada de prata, a cor tradicional dos carros de corrida alemães.

Confira a galeria de fotos do Porsche 356A 1500 GS Carrera Coupé

Fotos: Gooding & Co/Divulgação

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário