Motorista é multado com tablet e iPhone presos ao volante

Bizarrice ocorreu em Vancouver, no Canadá. A galera não tem limites mesmo...

Por AutoPapo18/11/17 às 17h22

É muito provável que você já tenha visto alguém mexendo no celular enquanto dirige. Na verdade, até mesmo você, condutor ilibado, pode ter caído vez ou outra na curiosidade de checar o telefone entre um sinal e outro. Aqui no Brasil é infração gravíssima, custando ao motorista sete pontos na carteira. Pois bem. Em Vancouver, no Canadá, um espertinho foi flagrado pela polícia local com um iPhone e (pasmem) um tablet presos ao volante.

O infrator foi pego pelo oficial por estar usando fones de ouvido, reporta o Vancouver Sun. Ainda segundo a publicação, a polícia multou o condutor em 81 dólares canadenses (R$ 207, em conversão direta). No entanto, puniu o motorista apenas por não portar a carteira de habilitação. A multa por condução distraída, que equivale a 368 dólares canadenses (R$ 940,79) não foi aplicada. Por quê?

De acordo com o porta-voz da polícia de Vancouver, Jason Doucette, o oficial que aplicou a multa decidiu que mostrar ao motorista que ele estava completamente equivocado ao portar aparelhos eletrônicos presos ao volante era mais polido. Educaria o condutor de maneira mais correta. “Quando acho que já vi de tudo nossos policiais fazem esse tipo de foto”, comentou Doucette. A imagem você pode ver abaixo:

Vancouver motorista

Conforme reportado pelo Vancouver Sun, na última semana um condutor foi multado por estar utilizando aparelho eletrônico enquanto dirigia. O motorista em questão recebeu a multa de 368 dólares canadenses.

A polícia de Vancouver também enfrentou problemas com pokémons dentro de suas delegacias. Em julho do ano passado, um bichinho virtual foi encontrado em um departamento por um funcionário civil. As autoridades encorajaram jogadores a não procurarem personagens do jogo nas premissas controladas pelas forças policiais.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário