Kombi é apreendida com R$ 25,8 mi em multas

Veículo pertence a uma empresa e acumulava 2.278 infrações

Por AutoPapo 23/11/17 às 09h57

Uma Kombi foi apreendida ontem (22) durante patrulha da Polícia Militar na zona leste de São Paulo. Motivo? O veículo acumulava R$ 25,8 milhões em multas. Sim, você não leu errado. R$ 25,8 mi. A perua pertence a uma empresa e já acumulava 2.278 infrações, a maioria delas por excesso de velocidade. O condutor estava com a CNH vencida desde 2013, mas, de acordo com informações do Jornal Metro, foi liberado.

O último licenciamento da Kombi, segundo o Detran, é de 2012. Como a empresa não indica quais são os motoristas responsáveis pelas infrações cometidas, o valor da multa é multiplicado pelo número de vezes que a infração foi cometida nos últimos 12 meses. Por isso os R$ 25,8 mi se justificam.

De acordo com o Metro, a Kombi foi levada para um pátio e será leiloada. O montante arrecadado será abatido da dívida. Se a gente fosse o proprietário não esperaria por muita grana. Nem mesmo se fosse uma das 1200 unidades comemorativas da despedida da Velha Senhora: a Last Edition (foto).

Kombi Last Edition
(Volkswagen/Divulgação)

A edição especial foi lançada em 2013 para “agradecer” o modelo por seus 56 anos de serviços prestados. A princípio seriam produzidas e comercializadas 600 unidades do modelo. Contudo, depois de muitos compradores já terem feito reservas, a Volkswagen anunciou que faria mais 600 Last Edition – o que irritou a maioria dos clientes que já haviam garantido a versão.

Por causa da controvérsia, a Volkswagen teve de ressarcir um cliente em R$ 83 mil no ano passado. Em decisão da 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), ficou definido que a montadora teria de devolver o valor pago pela Kombi Last Edition, com devidas correções, por causa de propaganda enganosa.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Franco Vieira 25 de novembro de 2017

    Não é o primeiro carro que é apreendido com valor de multa exorbitante. Quais as consequências ao proprietário? Seja ele pessoa física ou jurídica. Acontece alguma coisa realmente? Ex: se eu não votar, não consigo tirar passaporte/ ou se eu não abastecer o carro não anda (é só um exemplo) que minha atitude vai ter uma consequência.
    Se eu não me preocupar em tomar multas, nunca paga-las, não conseguiria ter o CRLV, e ainda assim continuasse dirigindo pra todo lado, a única consequência vai ser: quando…. e se…… eu for parado numa blitz, perder meu carro?

Avatar
Deixe um comentário