VW CrossFox

Fora de estrada para cidade

Por AutoPapo03/04/16 às 15h32

Vamos fazer uma regressão no tempo. Voltar ao ano de 2003, quando o Cruzeiro ganhava todos os campeonatos do Brasil, Lula iniciava seu primeiro governo e a Ford lançava o EcoSport. O sucesso do modelo levou as montadoras a rebolarem para apresentarem uma resposta ao estepe exposto na traseira, símbolo máximo de desejo da classe média que emergia. A Volkswagen mostrou um conceito, o CrossFox, em outubro daquele ano, quando laçou a versão duas portas do Fox.

(Volkswagen/Divulgação)

Dois anos depois, em 2005, a versão off-road teve a produção iniciada. Passou por mudanças em 2009 e 2014 quando também ganhou o motor 1.6 16V flex – mais potente que o anterior 8V – e câmbio manual de seis marchas. O propulsor segue na atual linha e rende 120cv abastecido com álcool e 110cv com gasolina. Desde o modelo 2013, o CrossFox pode ser equipado com o câmbio automatizado I-Motion de cinco velocidades.

A diferença com o irmão Fox vai além do estepe na traseira. É 53mm mais alto, sendo 31mm devido a suspensão e 22mm aos pneus. Tem também quebra-mato integrado ao para-choque, rack de teto, faróis de longo alcance, estribos e molduras laterais. Ele mede 4,05 m de comprimento, 1,90 m de largura, 1,60 m de altura e 2,46 m de entre-eixos. Seu porta-malas tem capacidade para 280 litros.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário