Potência do motor: mais tecnologia que cilindrada

Por BORIS FELDMAN22/05/18 às 06h50

A potência dos motores atuais, em relação a cilindrada e ao torque, não é medida mais como nos modelos do passado.Graças as novas tecnologias, o que era similar, agora não é bem assim.

[TRANSCRIÇÃO]

Num passado não muito distante, dois motores que tivessem cilindradas semelhantes,  tinham também potência e torque semelhantes. Hoje, isso não é mais verdade, pois estamos vivendo uma fase transitória de novas tecnologias. O motor que recebeu várias delas terá uma eficiência, um consumo e um desempenho bem melhores que um outro que tenha ficado parado no tempo e no espaço.

Dois motores de mesma cilindrada, por exemplo, 1.500 centímetros cúbicos, se um tem quatro cilindros, a injeção indireta no coletor e é simplesmente aspirado, ele terá uns 30, 40 cavalos menos de um outro com os mesmos 1.500 centímetros cúbicos, porém, tricilíndrico, injeção direta de combustível e turbinado. E o que é pior, não só menos potente, como terá maior consumo e nível de emissões.

A potência dos motores atuais

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário