Teste simples para verificar o estado dos amortecedores

Por BORIS FELDMAN26/04/18 às 14h00

Há um teste simples para verificar o estado dos amortecedores, que pode ser feito pelo próprio proprietário do automóvel, sem sair da garagem.

[TRANSCRIÇÃO]

Já comentamos aqui que os amortecedores não tem uma quilometragem certa para serem substituídos. Eles podem pifar aos 10 mil quilômetros ou durar mais de 100 mil, pois tudo depende das condições das estradas, do peso carregado pelo automóvel, dos buracos por onde ele passa, e assim por diante. Como avaliar o estado dos amortecedores? Existem alguns aparelhos específicos que fazem essa indicação, mas que não são muito confiáveis.

Alguns motoristas percebem que o carro já está balançando muito quando passa em ondulações, tá levantando a traseira quando freia e outros sinais de que o amortecedor já não está em condições. Mas, tem um teste prático que é aquele que se balança o carro. Como assim? Em cada uma das quatro extremidades do automóvel, empurra-se o paralama o máximo que se conseguir para baixo e solta o automóvel. Se ele sobe, volta e logo para de balançar é sinal de que o amortecedor pode estar bom ou não. Mas se você empurra o carro para baixo e o solta e ele fica balançando duas, três, quatro, cinco vezes aí pode se ter certeza de que aquele amortecedor já era. Então, apesar de muita gente indicar esse teste para se determinar as condições do amortecedor, não é bem por aí, só dá para saber se ele está ruim quando o carro balança muitas vezes, se não balançar, pode ser que ele esteja em condições ou não.

teste simples para verificar o estado dos amortecedores
car suspension, frontal view. Vector Illustration.

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

2 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Vander 3 de junho de 2018

    Boa dica.

  • ANTONIO 26 de abril de 2018

    Entre 25 e 27 por cento

Deixe um comentário