Aquele up! no visual

Por Vitor Colares20/04/17 às 15h26

A Volkswagen se mancou e não deixou passar as melhorias da concorrência batido. O Mobi, por exemplo, ficou mais moderno e, depois do lançamento, ganhou motor 1.0 tricilíndrico e câmbio automatizado. No entanto, o up! não devia nada com relação ao conjunto mecânico. Muito pelo contrário.

O problema do subcompacto era o interior, pobre que só, com acabamento de qualidade duvidosa e estilo que não agradava gregos e troianos. Agora, na linha 2018, a coisa mudou. Mais sofisticado por dentro, o modelo ainda teve a carroceria de duas portas extinta e ganhou uma nova versão: a Connect.

Alterações
Não houve mudanças no conjunto mecânico e tampouco grandes alterações no design. Inspirado no modelo europeu, a Volkswagen mudou a grade dianteira, que ganhou uma faixa preta na parte central e uma linha vermelha nas versões com motorização TSI. Além disso, os faróis cromados se integram visualmente ao novo friso na base da grade.

Na traseira, o novo para-choques está mais pronunciado, deixando o carro 8,4 cm maior. Contudo, não houve quaisquer mudanças no espaço interno. As lanternas traseiras também foram ligeiramente modificadas, com disposições diferentes das luzes.

Já o interior passou por mudanças interessantes. Ficou mais discreto e com melhor acabamento. Elementos maiores compõem o quadro de instrumentos, inspirado no Fusca. O console central também recebeu um bom tapa e ganhou em elegância, com linhas mais retas. Para completar, o volante, a partir da versão move, é o mesmo do Golf.

Multimídia
Todos os modelos vêm equipados com suporte para celular. Com exceção da versão take up!, também estão presentes comandos para o sistema de som e telefone celular no volante, além do “Composition Phone”. O recurso oferece um suporte no painel que permite a conectividade entre sistema de som, veículo e smartphone através do aplicativo “maps + more”, disponível para Android e iOS. Ao abrir o app, a tela do smartphone faz o espelhamento da tela central do sistema de infotenimento.

Revisões
A Volkswagen também divulgou um novo programa de revisões programadas. Ao adquirir um up! zero quilômetro, o cliente pode incluir um pacote de revisões para os três primeiros anos por R$ 999.

I-motion
Devido ao torque elevado do motor TSI (16,8 kgfm), o câmbio automatizado estará disponível apenas nas versões com o propulsor MPI.

Quatro portas e cross up!
A carroceria de duas portas do up! deixa de existir. Todos os modelos da versão 2018 têm quatro portas. Além disso, o cross up! passa a ser oferecido exclusivamente com motor 1.0 TSI de 105 cv, associado a um câmbio manual de cinco velocidades.

Impressões ao dirigir
Quanto à dirigibilidade, o VW up! continua o mesmo. O volante, com regulagem de altura, confere mais conforto ao motorista e o câmbio segue justo nas trocas de marcha. O motor TSI é ligeiro, com torque forte nas arrancadas e retomadas. O novo sistema multimídia travou algumas vezes durante o test drive, mesmo usando o aplicativo de mapas no modo offline.

Versões e preços
A versão take up! manteve o mesmo preço do modelo anterior e continua sendo oferecida apenas com a motorização MPI. Já as outras configurações passaram por reajuste de, em média, R$ 1.500.

CONFIRA OS PREÇOS DA LINHA 2018 DO VOLKSWAGEN UP!:
take up! – R$ 37.990
move up! com motor MPI – R$ 48.290
move up! com motor TSI – R$ 52.790
Connect up! – R$ 54.990
Connect up! com pintura em dois tons – R$ 56.390
cross up! – R$ 55.600
high up! – R$ 57.100

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário