Chevrolet revela Cruze reestilizado nos EUA

Configurações hatch e sedã passaram por um redesenho frontal, que alterou grade e para-choques; atualização ainda não tem previsão para chegar ao Brasil

Por AutoPapo06/04/18 às 14h49

Nos Estados Unidos, a Chevrolet vai aplicar, simultaneamente, face-lifts em três de seus produtos mais populares. Dois deles, o Malibu e o Spark, não dizem respeito ao Brasil, pois não são comercializados por aqui. Mas o terceiro é bastante conhecido pelo consumidor que vive abaixo da linha do equador: trata-se do Cruze reestilizado, que acaba de ter as primeiras fotos reveladas.

Chevrolet apresenta Cruze 2019 nos EUA
2019 Cruze Sedan Premier grille designs reinforce Cruze’s premium appearance.

O modelo adotou um novo para-choque frontal, no qual se destaca uma enorme tomada de ar inferior. O emblema da Chevrolet foi reposicionado e agora posiciona-se exatamente no meio da grade bipartida. No mais, há apenas rodas redesenhadas, pois os painéis da lataria não foram alterados.

As primeiras imagens dos três veículos foram divulgadas nesta sexta-feira (6), sendo que, em todos eles, as mudanças marcam a chegada da linha 2019. No caso do Cruze, as atualizações atingem tanto o sedã quanto o hatch: o segundo foi o único que teve um redesenho sutil nas lanternas traseiras, que tiveram o leiaute de luzes rearranjado.

Por dentro, o Cruze também sofreu alterações sutis. A maior delas é a atualização do sistema multimídia, que exibe tela de sete polegadas e novas funções. No mais, há apenas novas padronagens de cores dos materiais de revestimento.

Chevrolet apresenta Cruze 2019 nos EUA
2019 Cruze Sedan Premier and 2019 Cruze Hatch RS position Cruze to continue its success in the compact car segment.

Antes do lançamento, a imprensa norte-americana aventou a possibilidade de o Cruze adotar o motor 1.5 turbo que, por lá, equipa as versões de entrada do Equinox e do Malibu. Porém, isso não ocorrerá: o modelo segue com o 1.4 turbo, semelhante ao do similar vendido no Brasil, além de um 1.6 a diesel. A maior novidade mecânica acabou sendo o fim da oferta do câmbio manual, que compunha a gama local do veículo.

Por enquanto, não há informações sobre a chegada do Cruze reestilizado ao Brasil e à Argentina, onde é fabricado. A tendência é de que, em algum momento, as novidades sejam adotadas aqui, mas isso não deverá acontecer antes de 2019.

Fotos Chevrolet | Divulgação

Veja mais sobre:


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário