CNH digital está no ar, mas dá trabalho para baixar

A Carteira Nacional de Habilitação agora pode ser apresentada pelo celular em 19 Estados; processo para ter o documento no app é difícil

Por AutoPapo31/01/18 às 18h04

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou, no ano passado, a proposta para a criação de CNH Digital. A Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica tem o mesmo valor jurídico da impressa e funcionou pela primeira vez em Goiás, em outubro. A lei obrigava os Estados a disponibilizarem o serviço até fevereiro de 2018, mas o prazo foi prorrogado para 1º julho. Atualmente 19 Estados oferecem o serviço (leia a lista abaixo).

“Não medimos esforços para atender da melhor forma possível o cidadão, que está a cada dia mais conectado. A sociedade mudou e nós temos que acompanhar e facilitar os meios de identificação”, afirmou, na época, Bruno Araújo, Ministro das Cidades. No entanto, o processo para obter a habilitação no celular não tem nada de simples.

Além do smartphone, o condutor que quiser ter o documento eletrônico precisa ter última versão da CNH, que começou a ser emitida em maio de 2017 e tem QRCode. Carteira nova na mão, é hora de fazer um cadastro no portal de serviços do Denatran. Dados atualizados com sucesso… e mais um inconveniente: se você não tem uma assinatura eletrônica (que é um serviço pago), precisa ir pessoalmente ao Detran de sua cidade para confirmar telefone, e-mail e outros dados.

Depois de fazer tudo isso, o solicitante deve esperar um código de ativação que o Denatran envia por e-mail e baixar o aplicativo, que pedirá o usuário e uma senha de quatro dígitos.

VALOR

Quem define o custo desse serviço é o Detran, então a taxa (ou a ausência dela) depende do local onde está o condutor. Em Goiás, os motoristas adquiriram o documento eletrônico gratuitamente até o final do ano. Agora, o valor de R$ 10 é cobrado pelo serviço.

CNH Digital está disponível em 19 estados mas é difícil

Consulte, abaixo os Estados que já disponibilizam a CNH Digital:

  1. Acre
  2. Alagoas
  3. Ceará
  4. Distrito Federal
  5. Espírito Santo
  6. Goiás
  7. Maranhão
  8. Minas Gerais
  9. Mato Grosso do Sul
  10. Mato Grosso
  11. Pará
  12. Pernambuco
  13. Piauí
  14. Paraná
  15. Rondônia
  16. Rio Grande do Sul
  17. Santa Catarina
  18. Sergipe
  19. Tocantins

Vale lembrar… O documento padrão, de papel, continua valendo normalmente. A versão digital tem a mesma data de validade do documento original e é autêntico, ou seja, pode ser apresentado em qualquer órgão.

Se a bateria do telefone acabar e o motorista for pego numa blitz, não tem desculpa, é multa de três pontos e R$ 88,38. A CNH digital não pode ser acessada de qualquer telefone.

Veja mais sobre:


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário