Custo do bilhete, no DPVAT, não é taxa de emissão do boleto

Valor de R$ 4,15 é repassado para o Detran para que o documento do carro informe que o motorista quitou o Seguro Obrigatório

Por Laurie Andrade15/01/19 às 16h41

Muitos motoristas estão intrigados com uma das taxas presentes no boleto de pagamento do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT), o custo do bilhete. Esclarecemos para que serve a taxa de R$ 4,15 e por que você deve pagá-la.

Os termos boleto e bilhete podem gerar uma confusão nos proprietários de veículos. No caso do DPVAT, o boleto é a guia utilizada para pagamento do seguro, o arquivo que você gera pela internet com o código de barra.

O bilhete, por sua vez, é o documento que formaliza a contratação do DPVAT e é emitido junto ao Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), o documento do veículo que chega pelo correio após o pagamento do licenciamento.

Entenda o custo do bilhete

A taxa do custo do bilhete é destinada à confecção dos formulários de CRV (Certificado de Registro de Veículo) e CRLV, acoplados ao Bilhete do Seguro DPVAT e fornecidos a todos os Departamentos de Trânsito (Detrans).

Lembrando que a personalização, impressão dos dados variáveis e a entrega dos documentos aos proprietários de veículo no ato do licenciamento anual é de responsabilidade do Detran de cada Estado brasileiro.

Sem o pagamento da taxa de R$ 4,15, não há comprovação de que o motorista quitou o Seguro Obrigatório, ou DPVAT.

Saiba o que significa e para que serve o custo bilhete, uma das taxas presentes no valor do Seguro DPVAT. Valor não é referente à geração boleto.
Guia de Pagamento do Seguro DPVAT | Reprodução

Valor

O valor do custo do bilhete é estabelecido pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), por meio da Lei 11.945/2009. O preço, de acordo com a Seguradora Líder, correspondente ao custo da emissão e da cobrança da apólice ou do bilhete do DPVAT.

Histórico do custo bilhete

A cobrança da apólice do bilhete foi fixada inicialmente em 2009, quando o valor da taxa era de R$ 3,90. Em 2011, por meio da Resolução CNSP 215/2010, o encargo foi reajustado para R$ 4,15.

O IOF, que corresponde R$ 0,06 no valor total do DPVAT, é relativo ao Imposto sobre Operações Financeira.

Quando você deve pagar o Seguro DPVAT

Para conferir a data de pagamento do DPVAT, que varia de acordo com o Estado, veículo e número da placa, basta acessar a página da Seguradora Líder e preencher os campos “ano de exercício, unidade federativa (Estado ou Distrito Federal), final da placa, categoria e forma de pagamento”.

Para gerar o boleto oficial, deve-se preencher o campo “selecione o Estado”, aqui.

Multa por atraso de pagamento

Como destacado na parte de baixo na imagem, os caixas de todo o país devem aceitar o pagamento do DPVAT a qualquer momento, sem acréscimos. O texto comprova que o desconto do DPVAT divulgado pelas redes sociais é fake.

O Seguro DPVAT é obrigatório e deve ser pago, uma única vez ao ano, para obtenção do licenciamento do veículo, condição obrigatória para a emissão do CRLV. Além disso, se houver inadimplência, o proprietário perde o direito ao seguro em caso de acidente, sendo ele o condutor do veículo no momento do sinistro. Os demais envolvidos permanecem cobertos pelo DPVAT.

Para saber mais detalhes sobre o imposto, leia a matéria do AutoPapo ou veja o vídeo abaixo:

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
10 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Amauri rezende coelho 15 de janeiro de 2019

    Quero saber que mês chega meu DPVT já foi pago.no mês de janeiro e esta no nome de minha esposa geralda Marlene de souza rezende.

    • Avatar
      JOSÉ DA SILVA 24 de janeiro de 2019

      Já estamos mandando… pode esperar…já vai chegar…

  • Avatar
    Edson Gerônimo Nunes 15 de janeiro de 2019

    Preciso de uma orientação

  • Avatar
    Adinei Gazani 16 de janeiro de 2019

    Esqueceram de mencionar a taxa pelo ar respirado pelos funcionários que manipulam os documentos.

  • Avatar
    Antônio José Camargo de Abreu 16 de janeiro de 2019

    Comprei um carro,fiz a transferência e não apareceu que o seguro obrigatório estava pendente.
    Neste ano 2019 apareceu o débito de 285,50.
    Devo quitar ou posso deixar sem pagar este débito

  • Avatar
    Marcos Francisco Pacheco 16 de janeiro de 2019

    Porque o Detran funciona tão bem?!? Porque é o meio de arrecadar mais rápido o dinheiro para o estado gastar, e muito mal

  • Avatar
    Alessandro 16 de janeiro de 2019

    Brincadeira quando agente pensa que vai melhorar piora meu Deus que taxa e essa de 202 reais se não tem mas vistoria como posso continuar pagando o licenciamento anual a roubalheira lamentou foi isso ano passado paguei em tudo 165 reais de uma moto ZIG 50 agora esse ano com tudo vou pagar 260 lamentou 100 reais a mais

  • Avatar
    Sid Meschke 16 de janeiro de 2019

    Ou seja… Além de pagar esse bilhete que engloba a confecção do CRLV, no GRT ainda pago quase 60,00 para a emissão do mesmo…
    Putz, que gráfica caras essa hein???
    Putz…

  • Avatar
    Orlindo da Silva Vieira 16 de janeiro de 2019

    Gostaria de saber o último prazo pra pagar o DPVT MOTO IYA 8350

  • Avatar
    Franscarlos nascimento de lima 17 de janeiro de 2019

    Essa seguradora e otima acidentei e coloquei o depvat na mao dela nem um mes demorou pra receber e trata o pessoal super bem nao tem disso de pobre ou rico nao todos iguais seguradora lider e nota 1000

Avatar
Deixe um comentário