Honda confirma morte na Flórida por causa de airbag da Takata

Fabricante confirma que houve ruptura do componente e estilhaços atingiram homem de 34 anos

Por AutoPapo28/07/17 às 10h18

Um homem de 34 anos morreu em colisão envolvendo um Accord 2002 e um Pontiac Firebird 1999, na Flórida, Estados Unidos. De acordo com a Honda, a fatalidade ocorreu por causa da ruptura do airbag produzido pela Takata. Esta é a décima-nona morte diretamente ligada ao componente fabricado pela companhia.

De acordo com a Honda, o Accord 2002 entrou no recall em 2011. Desde então a fabricante notificou os proprietários do modelo 21 vezes. Das 19 fatalidades, 18 ocorreram em um veículo da montadora japonesa. A outra, em 2015, foi em um automóvel da Ford.

Protagonista do maior recall da indústria automobilística da história, a Takata entrou com pedido de recuperação judicial no dia 25 do último mês. O defeito afetou mais de 100 milhões de airbags e, além dos mortos, deixou quase 200 pessoas feridas.

LEIA AQUI O DOSSIÊ QUE PREPARAMOS SOBRE A HISTÓRIA

Honda Takata Recall
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário