O Chiado no freio não é um barulho qualquer

Por BORIS FELDMAN29/04/18 às 20h00

O incomodo do chiado no freio do carro pode ser maior para o bolso do que para o ouvido do proprietário. É melhor não deixar para depois a solução para dar um fim a essa “cantoria”.

[TRANSCRIÇÃO]

De repente quando você pisa no pedal do freio, repara que ele está cantando, chiando, o que pode representar dois problemas: um simples, e de fácil solução, e outro grave, de solução complicada e cara. O primeiro problema pode ser mesmo o atrito da pastilha contra o disco, provocando esse assovio, o que passou a acontecer depois que as pastilhas passaram a ser do tipo no-asbestos, ou seja, sem amianto. E algumas provocam mesmo esse assovio. Nada grave e de fácil solução: basta desmontar essas pastilhas, da uma lixadinhas nas beiradas que o assovio desaparece.

O outro problema bem mais grave é o motorista não ter percebido que as pastilhas estavam no final. Porque nem todos os automóveis têm a luz de alerta para isso no painel, ou não se tomou o cuidado de verificar o estado das pastilhas a cada 10 mil quilômetros. Porque se elas não são substituídas quando esse material de fricção chega ao seu final, começa a haver um atrito direto da base da pastilha, que é de aço, contra o aço do disco de freio, o que também provoca um ruído quando se pisa no pedal.  Só que, neste caso, além de trocar as pastilhas, prepare o seu bolso. Porque será necessário também trocar os discos de freio.

chiado no freio do carro

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário