Adaptador para Isofix é nova opção no transporte de crianças

Dispositivo semelhante ao Latch serve como suplemento ao cinto de segurança

Por Bárbara Angelo 28/11/17 às 14h04

Um novo tipo de dispositivo está sendo vendido no mercado brasileiro como um suplemento para o transporte de crianças. É um cinto adaptador que se encaixa nos suportes Isofix do veículo se adequando a qualquer cadeirinha infantil, segundo os importadores. O objetivo, segundo eles, é reduzir custos e aumentar a segurança com o uso conjugado ao do cinto de segurança, exigido por lei.

adaptador de isofix
Encaixes de Isofix do cinto inferior

Segundo o proprietário da Isofix Brasil, Maurício Monducci, que importa o produto da China há dois meses, os cintos adaptadores dispensam homologação no Inmetro e podem acomodar qualquer modelo de Dispositivo de Retenção Infantil (DRI), a popular cadeirinha.

É bom deixar bem claro: o termo “Isofix” utilizado no nome da empresa, neste caso, funciona apenas para apelo comercial e não se refere ao sistema Isofix no padrão ISO. Da mesma forma, também é importante lembrar que o uso do cinto de segurança como forma de fixação é seguro, desde que a instalação seja feita de forma correta, com ajuste firme. Mas, em uso concomitante ao do cinto de segurança, o adaptador pode ser uma opção interessante.

O sistema importado por Monducci é patenteado pela fabricante chinesa, a Far Europe, e oferecido em três peças: o cinto inferior, que tem dois engates Isofix e prende a parte inferior da cadeirinha, e o top tether com duas opções de encaixe. O top tether estabiliza a porção superior do equipamento, impedindo que ele gire em caso de colisão. O sistema funciona de forma bastante semelhante ao Latch, com a diferença de que este é adaptado às cadeirinhas durante o processo de fabricação.

Uso deve ser suplementar

A ideia é que o motorista utilize o adaptador de Isofix, em cadeirinhas que não tenham o encaixe, de forma suplementar, acompanhado pelo cinto de segurança. O sistema fixa o DRI com firmeza contra o assento, já que possui cintas reguláveis. O adaptador é passado por dentro da estrutura da cadeirinha, atrás do estofamento, e encaixado nos engates do Isofix, nos bancos do veículo. O top tether pode ser preso ao encaixe próprio, quando houver, ou em ganchos para fixação de bagagens, no porta-malas.

Apesar da ausência de certificação do Inmetro e padrão ISO de produção, a fabricante Far Europe declara, em seu website, que atua no setor desde 1992. Também afirma que possui a certificação ECE R16, das Nações Unidas, assim como a CCC, homologação compulsória da China, e FMVSS, do órgão de segurança veicular norte-americano NHTSA.

O produto pode ser encontrado à venda na Amazon dos Estados Unidos, onde acumula a maioria das avaliações positivas. No Brasil, a Isofix Brasil vende o kit de cintos inferiores e top teather em seu website por R$ 310.

Lei do Isofix

Em janeiro do ano de 2018 se inicia a primeira fase de implementação da Lei do Isofix, publicada em 2015. Todos os veículos derivados de projetos novos deverão contar com Isofix ou Latch, como determina a Resolução 518 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A partir de 2020, os sistemas de fixação de cadeirinhas infantis se tornarão obrigatórios para todos os automóveis comercializados.

A utilização do Isofix, no entanto, não é mandatória. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) determina o uso do cinto de segurança como forma de fixação das cadeirinhas, ou Dispositivos de Retenção Infantis (DRI). O texto determina, ainda, diferentes tipos de DRIs de acordo com a idade da criança: bebê conforto até um ano de idade, cadeirinha até os quatro e assentos de elevação até os sete anos e meio – todos fixados pelos cintos de segurança.

A fixação por meio do Isofix ou Latch, contudo, é considerada uma opção segura e recomendada por fontes especializadas, como o Instituto de Seguros dos Estados Unidos para Segurança nas Estradas (IIHS) e o Euro NCAP, órgão responsável pela realização de testes de colisão na Europa. Os dois sistemas prendem a cadeirinha diretamente à carroceria do veículo. No caso do Isofix, por braços e garras de metal. No caso do Latch, ganchos ou cintas.

O problema pode surgir na hora de encontrar cadeirinhas equipadas com esses sistemas de fixação. As opções disponibilizadas no mercado brasileiro costumam apresentar um custo elevado se comparadas às DRIs sem Isofix – uma diferença que pode se tornar proibitiva, considerando que o assento infantil deve ser substituído por outro quando a criança cresce. Nessa hora, o adaptador de Isofix se apresenta como opção, mas algumas características do dispositivo devem ser levadas em consideração.

Adaptador para Isofix

O Isofix é um padrão de fabricação que leva em conta a compatibilidade dos encaixes do veículo e da cadeirinha, sendo que ambos são regularizados de acordo com normas da Organização Internacional de Normalização (ISO). As regras determinam não apenas as características funcionais das peças, mas também um padrão de segurança e qualidade de produção. O mesmo ocorre para o sistema Latch.

Além disso, todas as cadeirinhas infantis comercializadas no país, com ou sem Isofix, devem ser homologadas pelo Inmetro, certificação que aparece no produto na forma de um selo. Os adaptadores para Isofix que são encontrados no mercado, no entanto, dispensam as certificações.

Isofix, Latch e Top Tether: entenda

adaptador
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
5 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Alexandre Pereira 2 de maio de 2019

    Boa noite. Meu carro é um Uno 1998/1999, de duas portas e não tem esse novo sistema. E o cinto do banco traseior não é retrátil. estou querendo colocar um cinto retrátil atras mas estou tendo muita dificuldade para achar um cinto. Preciso de uma dica de como instalar esse isofix e como adquirir um cinto retrpatil correto para o meu carro. Obrigado.

  • Avatar
    Luana 24 de outubro de 2018

    Tem como usar a cadeirinha sem isofix com esse adaptador???

  • Avatar
    Mislene 12 de setembro de 2018

    Vou adquirir uma cadeirinha nos próximos meses, e me interessei pelo modelo de uma cadeirinha com isofix pelo conforto de ser reclinável meu bebê sai quase sempre dormindo mas meu carro não tem isofix, o q faço? Existe alguma alternativa pra esse caso?

  • Avatar
    Vanessa 22 de maio de 2018

    Meu filho nasceu em 2014, meu carro era equipado com o sistema Isofix mas na época era difícil encontrar uma cadeirinha compatível, a maioria era importada ou custava o dobro do preço… comprei uma boa cadeirinha mas sem engate p Isofix e algum tempo depois, qdo meu filho já poderia utilizar o cinto do carro que estava sendo usado p fixar a cadeira, encontrei esse adaptador na internet que comprei sem pensar duas vezes. A cadeirinha fica bem mais fixa e firme do q quando ficava apenas no cinto

  • Avatar
    Rafael gimenez rocatto 7 de maio de 2018

    BOA TARDE GOSTARIA DE FAZER PARTE DA EQUIPE DE TRABALHO DE VOCÊS

Avatar
Deixe um comentário