Honda confirma 1° morte por airbag no Brasil

Motorista de um Civic 2008 foi atingido por estilhaços metálicos do insuflador do airbag; veículo foi convocado para recall em 2015

Por AutoPapo 15/02/20 às 09h52

A Honda confirmou a primeira morte no Brasil provocada pelos airbags Takata. Trata-se do motorista de um Civic LXS 2008. O fato aconteceu no Rio de Janeiro.

LEIA MAIS:

A perícia determinou que houve a ruptura anormal do insuflador do airbag Takata, causando ferimentos que o levaram à morte.

O veículo em questão foi convocado para o recall em 2015. O chamado indicava a necessidade de troca do insuflador do airbag do motoristaInfelizmente, o veículo não foi levado a uma concessionária para realizar o reparo.

“A Honda expressa suas sinceras condolências e solidariedade aos familiares e amigos da vítima e ofereceu atendimento e suporte à família”, informou a marca em comunicado.

Em 2018, outro airbag Takata feriu um motorista no Brasil. Confira mais detalhes no vídeo:

Recall dos airbags Takata continua

A Honda e outras fabricantes continuam convocando proprietários de veículos afetados pelo recall do insuflador de airbags Takata. As marcam pedem para que os proprietários levem, com urgência, seus veículos a uma concessionária autorizada para realização da troca do componente.

Airbags Takata, respondáveis pelo maior recall da história, fazem a primeira vítima no Brasil. Bolsa estava num Honda Civic 2008.

A ruptura do insuflador defeituoso do airbag Takata pode matar ou ferir ocupantes dos veículos envolvidos no chamamento. Os proprietários podem checar no link www.honda.com.br/recall os chassis dos automóveis envolvidos na campanha.

O  agendamento para realização da troca dos airbags defeituosos pode ser feito pelo mesmo site ou pela Central de Atendimento: telefone 0800-701-3432.

Maior recall da história automobilística

Os números relacionados aos airbags Takata são assustadores: 100 milhões de airbags afetados, mais de 20 mortes e acima de 200 feridos.

O recall das bolsas de ar da marca é o maior da história de toda a indústria automotiva e 13 montadoras sediadas no Brasil já convocaram os proprietários para substituírem a peça problemática. São elas:

  • Fiat;
  • Honda;
  • Nissan;
  • Toyota;
  • Lexus;
  • Mitsubishi;
  • Audi;
  • BMW;
  • Subaru;
  • Chrysler;
  • Jeep;
  • RAM;
  • Volkswagen.

Conheça o canal do AutoPapo no YouTube com dicas, avaliações e notícias comentadas por Boris Feldman

5 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Everton 17 de fevereiro de 2020

    O pior é saber que depois disso tudo a takata faliu e abriu de novo com outro nome e as montadoras continuam comprando dela, esse é o Brasil!! oque não se faz por um produto mais barato!!! E por um lucro maior no produto final!!

  • Avatar
    Gillair Carlos MOLINA DA SILVA 17 de fevereiro de 2020

    Pais de irresponsáveis

  • Avatar
    William rodrigo rodrigues 16 de fevereiro de 2020

    Quero agendar em cascavel pra fazer essa troca desse despositivo do meu Honda

  • Avatar
    paulo ernesto frederico diehl 16 de fevereiro de 2020

    OI PESSOAL , MINHA ESPOSA TEM UM VOVOROLLA , ANO 1999-2000, HÁ MAIS DE DEZ ANOS , EXCELENTE CARRO, MAS ATÉ ESSA DATA NÃO RECEBEMOS QUALQUER COMUNICADO DA TOYOTA NEM DAS CONCESSIONÁRIA AQUI NO RGSUL, PARA ESSE PROCEDIMENTO, SERÁ QUE ESTÁ FORA DESSE RECALL. ABRÇS

  • Avatar
    Znmotorssp_oficial 15 de fevereiro de 2020

    Agradeço ao auto papo pela matéria, vamos compartilhar e ajudar a salvar vidas.

Avatar
Deixe um comentário