BMW X7: marca solta teaser do novo SUV de luxo

O X7 será o primeiro de seu tipo na gama alemã, com capacidade para sete pessoas e posicionamento no mercado de luxo

Por AutoPapo15/10/18 às 16h00

Uma imagem do BMW X7 foi publicada no Instagram oficial da marca na sexta-feira (12). Ele foi anunciado em 2015 e está prestes a ser apresentado no Salão de Los Angeles, no mês que vem. O X7 é um modelo inteiramente novo da alemã, com capacidade para sete ocupantes e proposta de luxo. Veja a imagem abaixo:

bmw x7 teaser
Teaser do BMW X7 foi publicado no Instagram da marca (BMW | Divulgação)

Desde que foi anunciado, a marca já divulgou outras informações sobre o utilitário, incluindo um vídeo onde o primeiro protótipo do BMW X7, camuflado, vai para a estrada. Ele será a opção mais completa (e cara) na gama da fabricante.

O BMW X7 de produção manteve muitas característica do conceito X7 iPerformance que o precedeu no Salão de Frankfurt, em 2017. A novidade será fabricada nos Estados Unidos, mercado para o qual foi pensado, além do chinês. Além disso, o SUV também será vendido na Inglaterra.

Procurada pelo AutoPapo, a BMW do Brasil não soube dizer se o modelo virá para o país.

Inicialmente, o X7 terá um motor naturalmente aspirado, ao contrário do anunciado híbrido, que virá depois. As opções de motorização, no lançamento, incluirão um 3.0 diesel e um 4.4 turbo V8 a gasolina.


Vídeo mostra o primeiro protótipo do X7 produzido

A novidade será uma espécie de Série 7 dos utilitários, entre os quais será o novo topo de linha. Ele também será o maior veículo da categoria jamais produzido pela marca. O novo SUV terá dimensões semelhantes às do conceito, que tem 5,02 metros de comprimento, 2,02 m de largura, 1,8 m de altura e 3,01 na distância entre eixos.

Seus concorrentes serão modelos como o Cadillac Escalade, utilitário luxuoso de sete lugares comercializado, especialmente, nos EUA; e o Mercedes-Benz GLS.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário