Feito no Brasil, Tiggo 7 eleva Caoa Chery a padrão premium

Utilitário esportivo tem custo-benefício como principal destaque, mas vai além: tem qualidade de construção em patamar global

Por AutoPapo 23/09/19 às 12h30
CONTEÚDO PATROCINADO

Quando começaram a desembarcar no Brasil, em meados dos anos 2000, o apelo dos modelos da Chery era a relação custo-benefício: recheados de equipamentos, com preço mais baixo do que seus concorrentes nacionais. Agora, tem uma vantagem adicional: além dos valores atrativos, os modelos estão carregados de tecnologia de ponta, comparável ao de seus competidores em nível global – e são produzidos no Brasil.

Isso ocorreu graças a associação com a CAOA, um dos maiores do país no segmento automotivo, com grande expertise em fabricação e vendas de veículos, originando a Caoa Chery.

A união das duas marcas segue uma tendência global, nas quais os fabricantes chineses se juntam a tradicionais players do mercado automotivo: Geely e Volvo e Volkswagen e JAC são exemplos.

Além de incrementar a rede de vendas e pós-venda da marca chinesa, a Caoa Chery promoveu uma sequência de lançamentos, dentre os quais o SUV grande Tiggo 7.

O Tiggo 7 evidencia a competitividade da Caoa Chery ao oferecer extrema qualidade de manufatura e um superior pacote de equipamentos apesar de manter preços equiparados com seus principais rivais como o Jeep Compass e Kia Sportage: o Tiggo 7 custa a partir de R$ 95.990.

caoa chery tiggo 7 16

Estrutura de alta resistência

A qualidade aparece em itens como construção de 60% da sua estrutura com aços de alta resistência e, em diversas partes do habitáculo, inclusive com tratamento térmico. Na parte inferior da plataforma, sob o assoalho, o modelo conta com estruturas longitudinais que absorvem e distribuem uniformemente a energia gerada por uma eventual colisão, proporcionando maior resistência e ampliando a segurança aos ocupantes do carro.

Mecanicamente, o Tiggo 7 também tem bons argumentos na disputa de um público que exige qualidade: a suspensão é independente nas quatro rodas, com destaque para a adoção do sistema Multilink na traseira – que concilia conforto e estabilidade. O modelo também vem equipado com pneus de medida 225/60 em rodas de 18 polegadas.

caoa chery tiggo 7 22

Powertrain: transmissão usada pela BMW

O motor segue a tendência do downsizing, no qual o turbo aumenta a eficiência energética resultado em menores consumo e emissão de poluentes, sem abrir mão de desempenho: com bloco e cabeçote de alumínio, o 1.5 turbo flex tem duplo comando de válvulas variável (VVT) e coletor de admissão variável (VIS). A potência máxima é de 150 cv / 147 cv (etanol/gasolina) a 5.500 rpm e torque máximo de 21,4 kgfm (com os dois combustíveis).

A força do motor aparece desde rotações mais baixas e resulta em condução agradável na cidade, pela boa capacidade de arrancada e para enfrentar subidas, mesmo com carga máxima, além de segurança nas estradas, pela facilidade em fazer ultrapassagens.

O Tiggo7 também recebeu a transmissão automática de dupla embreagem (DCT) de seis velocidades, da conhecida fornecedora alemã Getrag, que equipa, entre outras marcas, carros da alemã BMW. As marchas podem ser mudadas automaticamente ou manualmente por meio da alavanca posicionada no console central. O SUV também conta com dois modos de condução: Eco, privilegiando o consumo de combustível, e Sport para uma dirigibilidade mais esportiva.

Segurança: pacote completo

Além da estrutura em aço de alta resistência, o pacote de segurança do Tiggo 7 também o qualifica entre os melhores do segmento. Ele conta com sistema de monitoramento de pressão e temperatura dos pneus. Airbags frontais, laterais dianteiros e de cortina, além de cinto traseiro central de três pontos e três apoios de cabeça traseiros também estão presentes.

O SUV conta ainda com sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, câmera de ré ou câmera com visão de 360°, equipamentos que permitem ao motorista um controle em tempo real dos arredores do veículo, minimizando a “zona cega” durante manobras e estacionamento. As partidas em rampa são assistidas pelo Auto Hold, que impedem o movimento do carro em situações críticas de inclinação.

O Tiggo 7 SUV atingiu os níveis máximos do C-NCAP, a agência chinesa equivalente ao Latin NCAP que avalia os níveis de segurança dos carros produzidos no mercado

caoa chery tiggo 7 1

Custo-benefício é positivo

O interior do Tiggo 7 traz acabamento de couro nos bancos, painel e em detalhes das portas. O banco do motorista tem ajustes longitudinais elétricos, de altura, de inclinação do encosto e do apoio lombar.

O volante, também revestido de couro, traz os controles do piloto automático, limite de velocidade, mudança das telas do computador de bordo, sistema de áudio e entretenimento, Bluetooth e atendimento do celular. No painel de instrumentos, entre o velocímetro e conta-giros, está localizada uma tela de LCD de 4,8 polegadas, que apresenta as informações do computador de bordo.

caoa chery tiggo 7 2

Em termos de conectividade, o Tiggo 7 vem equipado com um sistema multimídia, com tela colorida de 9,0 polegadas, sensível ao toque, que comanda ar-condicionado (Dual Zone), sistema de áudio e Bluetooth, espelhamento Android e Apple CarPlay, além de permitir a visualização da câmera de ré e da câmera panorâmica de 360°. E ainda, controles de funções do veículo.

Entre os equipamentos de conveniência, chama a atenção o teto solar panorâmico com uma área de 0,92 m² que pode ser aberto. Uma cortina de acionamento elétrico isola o compartimento do calor com apenas um toque.

caoa chery tiggo 7 8

Ainda como item de conforto, o veículo possui sistema de chave presencial para abertura e fechamento das portas, além de partida do motor por botão.

O Tiggo7 também conta com o sistema Auto Hold e freio de estacionamento elétrico, trazendo muito mais conforto e segurança ao condutor.

Preço e garantia do Tiggo 7

O Tiggo 7 é vendido em duas versões: O Tiggo  7 T  custa a partir de R$ 95.990. A configuração TXS está tabelada em iniciais R$ 116.990. Ele é comercializado  nas cores preto, prata e cinza (metálicas), além do branco perolizado. A Caoa Chery oferece três anos de garantia para o veículo e cinco anos para motor e câmbio.

Fotos Caoa Chery | Divulgação

Avalie o conteúdo:
Clique na estrela para avaliar.
83 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Alex 21 de novembro de 2019

    Anos atrás, quando saiu a Palio Wekeend, comprei uma zerinho 1.8 HLX.. completinha. Amigos “entendidos” de carros quase me mataram. 5 anos com a perua.. quase zero de manutenção.. Viajei com a família (4 pessoas) pra vários lugares. Porto Seguro 3x.. Pantanal .. Santana do livramento.. uma meia duzia de vezes para BH.. Enfim, explorei o carro. Maravilhoso. Paguei uma bela grana na versão. Vendi com 170 mil Kms. Vendi tranquilo. A moça que comprou até hoje só fala bem do carro, agora segundo ela com 210 milKm… Qual foi meu lucro? prazer, zero de dor de cabeça.. carro seguro, porta-malas gigante, o Cuba, meu labrador nunca reclamou.. Enfim, não comprei um carro para ter lucro. Comprei para ele me levar para todo lugar. Cumpriu seu papel. Vendi depis de tudo pela metade do preço. É assim que vejo um automóvel. Repito: quer ganhar dinheiro, vai investir na Bolsa de Valores ou compre LTNs. É isso .. abs

    • Avatar
      Alex 21 de novembro de 2019

      outra coisa: seria bacana parar de desmerecer os chineses. a partir de agora vão comprar tudo por aqui. Li, dia deste no Infomoney: “China coloca US$ 100 bilhões à disposição do governo Bolsonaro após encontro dos Brics”. E aí? O Brasil, em outros governos, sempre foi parceiro dos caras. Vão comprar tudo. E aí, vamos continuar metendo o pau nos caras. Então, na minha opinião, vamos dispensar tudo que é produto chines e comprar dos norte-americanos, dos nórdicos.. dos europeus. Né? vamos parar com essa hipocrisia?

      • Avatar
        klever 12 de dezembro de 2019

        É gente, é dificil aceitar os chineses, mas que eles tao arrenentando eles estao
        Vi o tiggo 7 e tirei o chapéu, este vai emplacar pelo custo benefico.

  • Avatar
    Erlandia Alves 12 de outubro de 2019

    Quais os pontos negativos desse carro Tiggo 7 TXS em relação aos seus concorrentes direto??????

    Desde Ja agradeço.

  • Avatar
    A 10 de outubro de 2019

    Mas e aê … Li mas não confio, CHING LING ?… Tinha que ser no Brasil mesmo ! As grandes e tradicionais americanas, européias e até mesmo as japorôngas, conforme o texto, não chegam a fazer nem cosquinha em comparação a qualidade. Isso é mesmo SERIO? E o preço… ?? Por isso vem a pergunta, a principal pergunta. Não é Caô não ? Com esse nome…. Humm … Será que presta mesmo ou é…. …. ….

    • Avatar
      A 11 de outubro de 2019

      CAÔ !

    • Avatar
      Alex 21 de novembro de 2019

      Ah não confia em “Ching Lings” .. uai então vai ter que dispensar a grana dos caras! Por que vão comprar tudo queiramos ou não. Repito, tá no Infomoney, baita site de economia: ” China coloca US$ 100 bilhões à disposição do governo Bolsonaro após encontro dos Brics”. É assim e pronto.. Os caras, do jeito que vão as coisas,daqui a alguns anos vão comprar uma porrada de montadoras. É vero! O que varemos? Não compraremos mais carros de montadoras cujos donos são chineses/ Uai, então não vai sobrar nada! Pense ..

  • Avatar
    Luciana 25 de setembro de 2019

    Melhor carro da vida!!! Difícil olhar e não comprar.

  • Avatar
    Washington do Carmo Geraldo 25 de setembro de 2019

    Gostaria de ter um desse.

  • Avatar
    Michel Ferreira 24 de setembro de 2019

    Infelizmente o Brasileiro é muito ligado a STATUS, e não querem reconhecer e nem fazem questão de ler e fazer um simples test-drive. Eu acredito no grupo CAOA e ainda mais agora ela administrando e criando os carros da Cherry, eu acho SIM que vale a pena a compra de um deles.

  • Avatar
    Márcio 24 de setembro de 2019

    Gostaria de ver esses carros serem vendidos em Belém. Tem muita gente aguardando. O que está faltando??

  • Avatar
    Antônio Edson Cardoso santos 24 de setembro de 2019

    não tenho dinheiro para comprar um deste aí mim da um eu ficaria muito feliz

  • Avatar
    Marcos Henrique 24 de setembro de 2019

    O problema maior é que o Brasil ainda tem esse preconceito com carro chinês, pois pensamos o seguinte, um carro realmente muito completo, itens de segurança que muitos suvs famosos não tem. Isso tudo num preço “acessível”, e o melhor, garantia bastante estendida a tal ponto da pessoa chegar a vender o carro e ainda estar na garantia. Aí vem a questão, paguei R$100 mil nele, será que vou conseguir pelo menos 80?…podem chegar infinitos comentários aqui do porque esses veículos desvalorizam tanto, mas a verdade é que não tem uma explicação óbvia

  • Avatar
    Ricardo Boni 24 de setembro de 2019

    Se o carro é bom ou não, será questão do tempo. Que o carro é top, é indiscutível. Agora uma coisa eu tenho certeza, se você paga 100 mil num carro deste, na hora da revenda vai perceber a diferença. Enquanto ou outro carro da mesma média de preço você vai vender por 80 mil, 70 mil este vai valer 50 mil. Pode ter certeza!!!

  • Avatar
    Francisco Marabezi 24 de setembro de 2019

    Nunca que pagaria esse valor…prefiro um Mercedes,bmw, jamais esse valor neste carro…

  • Avatar
    Rafael Amorim 24 de setembro de 2019

    O tempo vai mostrar se realmente e confiável ou não,porém o carro com tudo que oferece sai na frente dos concorrentes,Tomara que de certo aqui no Brasil.Ainda prefiro meu Toyota bandeirante 1994 que ate hoje as peças são originais.

  • Avatar
    Peter 24 de setembro de 2019

    Interessante a matéria. Infelizmente ainda não estou convencido da qualidade destes carros chineses. Muitas concessionárias inclusive não os aceitam na troca…
    Tradicionalmente compro marcas japonesas (Corolla ou Civic) ou americanas (Fusion). Mas o tempo dirá se vieram para ficar ou se foi mais um vôo de Ícaro….

  • Avatar
    Alysson 24 de setembro de 2019

    Vai vender muito e fazer sucesso quando tiver um bom pós venda. Bom não, razoável pq nem as 8 montadoras mais famosas conseguem ter um bom pós venda. E se não vender não vai ter peça de reposição. Com 5 anos tá valendo 35mil.

  • Avatar
    Baldo Sousa 24 de setembro de 2019

    Infelizmente, não chegou pra regiao Norte (Belém ).Os lançamentos ficam só pra regiões TOPS.

  • Avatar
    Henrique Sorocaba 24 de setembro de 2019

    Pra mim o problema ainda é a css, até fui ver um para desencargo de preconceito mas não me ofereceram nem café, água ou teste drive. Absurdo. Sai de lá e comprei um Tucson 1.6T a vista na css da Hyundai.

  • Avatar
    Zé Pedro 24 de setembro de 2019

    Vocês perceberam que essa matéria não é uma matéria jornalística? Lá em cima está claro: conteúdo patrocinado. Então essa discussão perde o sentido. É só propaganda.

    • Avatar
      Alex 21 de novembro de 2019

      BAITA FALTA DE RESPEITO .. Zé Pedro vc insinua, no seu comentários, que o Blog aceita “bola” da montadora. É isso? Cara o que vc está fazendo, comentando, num Blog que vc acha que não é honesto? Não perca seu tempo. Vá buscar fontes que vc acha que são fidedignas. Que não levam “bola” da indústria. É asim, na minha opinião. Não estou aqui defendendo e não acho que são uns santinhos. Só não acho bacana vir aqui neste espaço e criticá-lo.. Insinuar coisas que não são legais. A não ser que vc tenha provas!

  • Avatar
    Elivan 24 de setembro de 2019

    comprei um arizo5 rxt ,estou muito feliz, preço e custo ótimo.

    • Avatar
      Ricardo Boni 24 de setembro de 2019

      Não vamos falar da qualidade. Na hora de você revender, vai ter uma opinião formada

  • Avatar
    Claudio 24 de setembro de 2019

    Duas duvidas importantes que não foram mencionadas na propa, digo artigo da matéria:

    Este cambio de dupla embreagem é banhado a óleo ou a seco ?

    A injeção de combustível é direta ou indireta ?

  • Avatar
    eric selvaggio 24 de setembro de 2019

    Tenho Tiggo e nunca tive problemas mecanico, os problemas que vieram a acontecer são de simples manutenção, quem tem vai sempre querer o modelo novo pq são topissssssimas e deixar qquer honda / jepp no chinelo ……………….. vai sem medo !

    e para os Antis, tudo que voces compram por ai vem do mercado chines OK !

  • Avatar
    Claudia sena 24 de setembro de 2019

    Gente, vamos ser realistas, carro chinês não passa nenhuma confiabilidade, com 95.000,00 boto mais 5 mil e compro um Corolla kkkk

    • Avatar
      Brandão 24 de setembro de 2019

      São nichos distintos: SUV X Sedã médio. Eu por exemplo prefiro carros com posição de direção elevada e banco e teto altos. Não gosto de Corolla, Civic, Lancer, etc….Prefiro Compass, Sportage, Tracker…

  • Avatar
    Douglas 24 de setembro de 2019

    Duas alegrias quando compra e a hora que vende se conseguir vender

  • Avatar
    Jesus da Costa Azevedo Junior 24 de setembro de 2019

    Quando teremos a Capa/ Chery em Belém?

  • Avatar
    Brandão 24 de setembro de 2019

    Parece (parece!!) ser um bom carro. Custo-benefício bem grande. Aguardarei esse primeiro ano para ver a impressão dos compradores mais “corajosos”. Aí, quem sabe…..na próxima troca, ano que vem…..compraria…..

  • Avatar
    Marcelo Cavalcante 24 de setembro de 2019

    Realmente precisam ver o carro de perto e fazer um teste drive, tenho um Creta sport e não conseguir encontrar no Tiggo 5x alguma coisa inferior, fiquei impressionado com tudo que vi. Parabéns a Caoa pelo belo trabalho. Pergunta pra quem tem o que estão achando.

    • Avatar
      Thiago Rouças 24 de setembro de 2019

      Eu tinha um H-RV, sempre achei ele lindo, mas quando eu vi o Cherry 5x me apaixonei a primeira vista pelo seu designer inovador, mas eu fiquei na dúvida por se tratar de um carro chines, mas um belo dia fui na CAOA fazer um teste drive, foi que eu me apaixonei no mesmo dia já saí com o Cherry 5x e já estou com ele a 6 meses uso ele todos os dias e muito econômico, tem um espaço internet, lindo demais enfim eu me apaixonei tanto que eu dei um de presente para o meu pai que é mecânico e adorou muito tbm e olha que nos 2 sempre tivemos Honda, enfim vale apena conferir porque a CAOA está fazendo um ótimo trabalho para quebrar esse tabu de carro chines não preta

  • Avatar
    Daniel Moraes Pereira 24 de setembro de 2019

    Bom dia. Sou proprietário de um celer desde 2014 peguei com 13 mil rodados mas conheço o carro desde que ele foi comprado zero km.
    Como já foi dito aqui um carro cheio de opcionais deixa qualquer carro nacional na mesma categoria para trás. O motor do carro 1.5 é um ABSURDO de bom. É mais ou menos igual ao salmo 91….mil cairão ao seu lado e 10 mil a sua direita e tu não será atingido.pois bem e i caso do motor deste carro já tive vários problemas com o carro mas o motor nunca gastei um centavo com ele. Agora o suporte hidráulico do motor é um terror….mas não é previlegio da marca se vcs olharem na internet vão observar reclamação sobre o suporte hidráulico de varias mas incluindo as top de mercado…exemplo Honda civic.afora com certeza absoluta o grande problema da manutenção desta marca é o desprezo que a ford/pizza tratou os proprietários dos carros Chery até então.torso para que a caoa tenha um respeito maior pelo consumidor.deralhe meu carro está com 141 mil km. Compraria outro?….sim com certeza.

  • Avatar
    João Carlos 24 de setembro de 2019

    ?

  • Avatar
    João Carlos 24 de setembro de 2019

    Muito blá blá blá de lá pra cá… não se esqueçam de que comparativos só podem ser feitos com produtos e equipamentos com mesma qualidade e custo e benefício. O melhor carro é sempre aquele que você pode comprar e não aquele você gostaria de ter..

  • Avatar
    André 24 de setembro de 2019

    Joaquim Soares, não adianta argumentar, as pessoas são cabeças duras. Até hoje criticam o 16v, mas observam que a grande maioria são. Esquecem que a Hyundai e Kia eram a Chery de hoje. Que Peugeot são carros de baixa qualidade, inclusive a MÁQUINA 3008. Devido a isso que vemos sempre os mesmos veículos batendo recordes de vendas, mesmo com similares de qualidade melhor na mesma categoria.
    Achei o preço bem positivo pelo o que é oferecido nos pacotes, essa é a forma dela conquistar a confiança e espaço no mercado.

  • Avatar
    João 24 de setembro de 2019

    Estou vendo o movimento dos carros chineses da mesma forma que aconteceu há 40 anos com os japoneses e há 20 anos com os coreanos

  • Avatar
    José Abílio de Matos 24 de setembro de 2019

    Tenho interesse em adquirir um Tigo 7 com isenção de ICM e ipi séria possível?

  • Avatar
    Sergio Roberto Feliciano 24 de setembro de 2019

    Premium ou não, o fato é que a qualidade e até o refinamento nos carros da CAOA CHERY evoluíram bastante e estão melhores do que na maioria dos carros já fabricados há anos no Brasil.

  • Avatar
    Wandercy Santos 24 de setembro de 2019

    Tá com cara de conteúdo pago (ou seja, publicidade) essa reportagem. Não tem nenhum ponto negativo no carro? E esse Joaquim Soares, que responde a todas as críticas dos leitores, é funcionário da Caoa? Façam uma avaliação isenta do carro, ou ao menos informem que é conteúdo publicitário!

    • Avatar
      joaquim Soares 24 de setembro de 2019

      Não sou funcionário apenas tenho argumentos, se vc conseguir responder ótimo, defeito até pode ter, mas falar mal sem conhecer e coisa pega mal. aguardo seus argumentos.

    • Avatar
      Zé Pedro 24 de setembro de 2019

      Vocês perceberam que essa matéria não é uma matéria jornalística? Lá em cima está claro: conteúdo patrocinado. Então essa discussão perde o sentido. É só propaganda.

  • Avatar
    CARLOS ALBERTO DOS SANTOS 24 de setembro de 2019

    Enquanto vcs ficam brigando e se estressando por conta do que vai ou não dar certo na marca e consequentemente perdendo um tempo preciso, eu que não tenho tempo a perder nem medo de errar, comprei o meu Tiggo 5X T e estou muito satisfeito. Em termos de carro, não me interessa marca, interessa e designer, conforto, dirigibilidade, potência, enfim, quem tem que se preocupar com marca é vendedor. Outra coisa é que não compro carro para ganhar dinheiro. Isso não é investimento. Carro foi feito para usar e o lucro está no prazer que ele te proporciona. Há, antes que algum imbecil fale, não sou vendedor da marca nem tenho interesse em promove-la, sou apenas um consumidor que adquiriu essa belezura e está feliz da vida. Tentei comprar um e conheçam a maravilha que é esse carro.

    • Avatar
      Ivan 24 de setembro de 2019

      Leia o meu depoimento acima, como ex proprietário de um Chery Tiggo.

      • Avatar
        Marcelo 24 de setembro de 2019

        Tiggo do cara e antigo plataforma antiga, nem parâmetro tem os carros hoje são outra atá forma tem perceria com empresas famosas parem de falar besteira sem informação

    • Avatar
      Luiz Carlos Santiago 24 de setembro de 2019

      Boa!!! Tenho lido os diversos comentários por aí a fora quando pesquiso sobre carros, pois vou trocar de carro no final deste ano se Deus quiser. E faço uso de suas palavras, se me permitir, Sr. Carlos Alberto dos Santos! Carro é para ser utilizado e aproveitar o máximo do que ele possui de melhor e pronto!!!

    • Avatar
      NELSON PELETTI 24 de setembro de 2019

      Também adquiri recentemente um Tiggo 5x …o carro é simplesmente fantástico.

    • Avatar
      Eduardo Mobile 24 de setembro de 2019

      Disse tudo Carlos Alberto comprei também um 5xT e é tudo de bom.

    • Avatar
      Vanderlei 24 de setembro de 2019

      Também concordo com sua colocação…

    • Avatar
      Brandão 24 de setembro de 2019

      Concordo com a opinião do C. Alberto. Penso exatamente igual no que diz respeito a revenda. Quer ter “lucro” com revenda? Abra uma loja. Carro é para atender a uma ou mais dessas três coisas: trabalhar, necessidade, prazer. Quer revender “bem”? Adquira um popular, 1.0, rode pouquinho e revenda logo. SUV em geral, sedãs médios, outros carros maiores e mais caros são para se ter prazer de tê-los. Fim de papo. Daqui a pouco vou trocar meu Tracker; com deságio certamente; e daí? Esse Tiggo 5X está na pauta; como estão Suzuky Vitara AllGrip, Compass, outro Tracker, Sportage etc…

      • Avatar
        Alex 21 de novembro de 2019

        Na lata. Isso mesmo! O cara compra um carro por 50 e quer vender por 60 paus. Vai se catar! Vai investir na bolsa de valores pô! compra um “uninho” e seja feliz, pois sua grana está redendo na BV. O cara não confia em carro chines.. como assim? Os caras estão comprando tudo no mundo. Estão tentando mudar a imagem… O que não é fabricado na China. Até Apple vem tudo de lá. Porra para com isso… Outra coisa: vc compra um Tiggo 7 e quer rodar 500 mil KMs sem fazer manutenção. Me fale a marca que consegue esta proeza! Caraca.. vc compra um carro, roda 100 mil Kms, em 4 anos (exemplo) .. se ficou só numa manutenção.. ou uma pecinha aqui outra ali, bingo! Tá pago. Quer morrer e elvar o Tiggo pra dentro do caixão. Confesso, não entendo essa relação … abs pra todos

    • Avatar
      Márcio Neimar 12 de outubro de 2019

      Boa tarde eu fiz o teste drive e conheci o Tiggo 7 e achei o carro excepcional tenho um Honda City e tô pensando em trocar mas por não conhecer a marca tem algumas dúvidas e consequentemente alguns preconceitos com relação a marca o que que você me diz sobre o a utilização do carro um todo do carro Independente de você ter o 5 ou 7? Desde já agradeço….

    • Avatar
      Alex 21 de novembro de 2019

      Isso mesmo.. quer ganhar dinheiro, vai investir na BV… Aliás, na Bolsa vc pode perder feio!

  • Avatar
    Adilson Sanchez 24 de setembro de 2019

    Este carro chinês que e Tiggo 7 e tudo de bom tanto no desempenho ,e no acabamento tudo de ótima qualidade que caoa Chery trouxe parabéns

  • Avatar
    Ivan 24 de setembro de 2019

    95 mil ?!?! Não, obrigado. Nessa faixa de preços o carro esta competindo com opções mais confiáveis.
    E falo isso sem preconceito pois já fui um infeliz proprietário de um Tiggo primeira geração, comprado por 50 mil e vendido a dolorosos 22 mil três anos depois.

    • Avatar
      Joaquim Soares 24 de setembro de 2019

      vc teve algum problema mecânico com o carro ou só desvalorização?

      • Avatar
        Ivan 24 de setembro de 2019

        Vários problemas mecânicos, como amortecedor vazando com menos de 1000 km rodados e uma inusitada caixa de direção que batia seco a cada buraco, que aliás, a CSS enrolou durante todo o período de garantia pra trocar a caixa de direção.
        Por falar em CSS, a mesma fechou as portas 1 ano depois de eu comprar o carro e fui obrigado a leva-lo a outra cidade (mais de 100km distante) a cada revisão obrigatória.
        Sem contar o parto que foi revender o carro.

      • Avatar
        Andersson 25 de setembro de 2019

        Tenho um cielo a mais de 4 anos nunca deu problema,eu acho que vc deu azar assim como eu , tinha um fox; só vivia mais na oficina do que na minha garagem , a verdade é que a China vai dominar esse mercado de carros , principalmente quando os carros elétricos forem dominantes , os chineses tem tecnologia e mão de obra barata .

    • Avatar
      Klebert 25 de setembro de 2019

      15 anos depois

    • Avatar
      Klebert 25 de setembro de 2019

      Esses idiotas que falam mal do que nunca tiveram, compra um Range Rover Evoque

  • Avatar
    William 24 de setembro de 2019

    “O Tiggo7 também recebeu a transmissão automática de dupla embreagem (DCT) de seis velocidades, da conhecida fornecedora alemã Getrag, que equipa, entre outras marcas, carros da alemã BMW. ”

    Não mencionar que esse câmbio eh o “famoso” Powershift da Ford é no mínimo sacanagem.

    • Avatar
      Julio Brasil 24 de setembro de 2019

      Não é o mesmo projeto, anjo

  • Avatar
    Charles Kuramoto 24 de setembro de 2019

    Jamais a CAOA-CHERY será uma marca premium.
    Marca premium é AUDI, BMW, MERCEDES.
    Não se fala em custo-benefício somente por aquilo que um produto oferece. Custo-benefício vai muito além da proposta.
    O autor dessa matéria precisa urgentemente de uma reciclagem…

    • Avatar
      Joaquim Soares 24 de setembro de 2019

      O que seria marca Premium então? não desvaloriza, não quebra, não tem recall ? Jaguar e Land Rover são Premium? T7 usa a mesma plataforma deles.

      • Avatar
        Charles Kuramoto 25 de setembro de 2019

        A começar pela qualidade infinitamente superior.
        Não é pq utiliza da mesma plataforma da Jaguar, LR, que torne um produto premium.
        Audi e VW compartilham a mesma plataforma modular MQB em diversos modelos. No entanto, VW é uma marca civil.
        Esses tais especialistas automotivos descrevem tantas falácias que assustam.
        O pior é chamar Fiesta, Polo, de compacto premium.
        Agora, só pq Tiggo 7 traz algumas coisas de modelo premium o autor o enquadrada como tal é a total incompreensão do mercado automotivo.
        Não nos admira a baixíssima popularidade deste canal como consequência aos diversos preconceitos disseminados…

    • Avatar
      João Carlos Azevedo 24 de setembro de 2019

      Finalmente alguém falou alguma coisa coerente e absolutamente verdadeira.

  • Avatar
    Newton 24 de setembro de 2019

    Não é necessário ser um expert no assunto para entender como conseguiram chegar a este valor do carro!!!
    Não existe almoço grátis.
    A principal dúvida é o câmbio fabricado pela mesma empresa que equipou o famigerado câmbio POWER SHIFT que afundou a FORD.
    Eles CAOA, negam veementemente que seja o mesmo câmbio, alegam ser um novo projeto. Portanto o tempo dirá quem falou a verdade.
    Quase embarquei neste barco… Deveriam usar o mesmo marketing para deixar claro a confiabilidade do produto ofertado, no quesito “câmbio”, que ao meu ver é bastante nebuloso.

  • Avatar
    Newton 24 de setembro de 2019

    Não é necessário ser um expert no assunto para entender como conseguiram chegar a este valor do carro!!!
    Não existe almoço grátis.
    A principal dúvida é o câmbio fabricado pela mesma empresa que equipou o famigerado câmbio POWER SHIFT que afundou a FORD.
    Eles CAOA, negam veementemente que seja o mesmo câmbio, alegam ser um novo projeto. Portanto o tempo dirá quem falou a verdade.
    Quase embarquei neste barco… Arremeti, pois deveriam usar o mesmo marketing para deixar claro a confiabilidade do produto ofertado, no quesito “câmbio”, que ao meu ver é bastante nebuloso.

    • Avatar
      Joaquim Soares 24 de setembro de 2019

      O esperto, vc acha que somente o Focus tinha esse cambio ? quem afundou foi a Ford por não fazer um projeto certo entre Cambio e motor, nebuloso pode ser o seu conhecimento sobre o assunto, o mesmo aconteceu com a Honda com os Airbags mortais.

  • Avatar
    Célio Souza 24 de setembro de 2019

    Ótimos veículos,completos e lindos… manutenção cara, geralmente quem fala fala mal, são esse que não consegui comprar uma bateria pro Fiat uno kkkkjj

  • Avatar
    Regis Salerno Alario 23 de setembro de 2019

    Carro chinês sempre será carro Xing Ling. Precisa gostar de queimar dinheiro pra comprar carro chinês.

    • Avatar
      Tarzan 24 de setembro de 2019

      E Duro não ter dinheiro e querer comprar.
      Ai fala merda sem saber.
      Deve ser dono de um Fiat 147.
      Não deve ter dinheiro nem pra por gasolina.

      • Avatar
        Gerson Salvatore 24 de setembro de 2019

        O Tarzan, tá de cipó e crítica os outros? Comparar VÊ e Volvo com Caia… foi demais!
        Os chineses arrebentaram de ganhar dinheiro vendendo porcarias e explorando mão de obra escrava da China Continental. Depois compra empresas com nome para adquirir credibilidade, vão chegar lá mas vai demorar! Prestem atenção na Índia essa sim pode impressionar.

      • Avatar
        Franklin 25 de setembro de 2019

        Mão de obra escrava??? Então no Brasil é o que??? A renda dos chineses é maior que a nossa… Até quando iremos demorar para aceitar que os chineses evoluiram e são superiores em várias áreas, inclusive melhores que os americanos…

    • Avatar
      Joaquim Soares 24 de setembro de 2019

      O que vc sabe sobre carro Chinês ?

      • Avatar
        Marcelo regis 24 de setembro de 2019

        Quem pensa como vc está padado no tempo e vai queimar a língua, fora q nada entende sobre tecnologia o Brasil é analfabeto perto da China, e o brasileiro se acha o maximo

    • Avatar
      Rogaciano Reis Jr 24 de setembro de 2019

      Devemos pensar bem antes de fazer tais afirmativas.
      Por exemplo, empresa chinesa Geely (pouco conhecida no Brasil) já é dona das marcas Volvo e, recentemente, Mercedes. Duas marcas que são, reconhecidamente, detentoras de alta qualidade e tecnologia.
      A transferência de tecnologia é parte do acordo.

    • Avatar
      ROGACIANO REIS JR 24 de setembro de 2019

      ..

    • Avatar
      Jow 24 de setembro de 2019

      Vdd

  • Avatar
    Marco 23 de setembro de 2019

    Getrag….a mesma do “famoso” Powershift.

    • Avatar
      Joaquim Soares 24 de setembro de 2019

      Getrag maior empresa do ramo de câmbio, Alemã, o que houve com a Ford foi um.erro de projeto da Ford que não quis mudar, ou vc acha que somente o Focus tem esse cambio no mundo ?

      • Avatar
        Marco 29 de setembro de 2019

        Fanboy, tirando os DSG a óleo, dupla embreagem, em carros nessa faixa de preço, é questão de tempo para ter dor de cabeça com manutenção. Seria muito mais adequado um epiciclico

Avatar
Deixe um comentário