Carros chineses estão em novo patamar tecnológico e de mercado

Antes vistos com desconfiança, fabricantes chineses já oferecem modelos com a mesma qualidade de concorrentes tradicionais e conquistam sua fatia no mercado

Por AutoPapo 12/03/19 às 16h40
CONTEÚDO PATROCINADO

Carros japoneses foram recebidos com desconfiança quando começaram a chegar ao mercado dos Estados Unidos, em meados da década de 1970. A mesma coisa aconteceu com os coreanos, nos anos 90. Muitos se lembram dos primeiros modelos importados da Coreia do Sul para o Brasil, na mesma década… Quem se arriscaria comprar um carro daquele país? Hoje, os carros japoneses e coreanos são reconhecidos pela sua tecnologia e confiabilidade e são objeto de desejo.

Agora, é a vez dos chineses trilharem o caminho do sucesso para conquistar o consumidor. E, de acordo com analistas, é certo de que o prazo para atingir esse objetivo será menor do que o de japoneses e sul-coreanos.

Prova da capacidade tecnológica da China é o avanço do país oriental em diversos outros setores industriais de alta tecnologia e valor agregado, como o de comunicações – com a oferta de smartphones de ponta -, computação e, até mesmo, no segmento aeroespacial.

Em recente pesquisa da J. D. Power, empresa referência em análise de mercado de automóveis, a qualidade dos carros chineses está crescendo e já no mesmo nível de fabricantes consideradas referências no mercado internacional. Consequentemente, as vendas dos carros originários de montadoras chinesas estão crescendo.

E um dos fatores que contribuiu para esse desenvolvimento das fabricantes chinesas é a associação com montadoras estrangeiras, o que permitiu transferência de know-how. Até mesmo no Brasil isso já aconteceu: o Grupo Caoa, um dos mais importantes no mercado automobilístico nacional, comprou 50% da operação da chinesa Chery no Brasil em novembro de 2017.

Essa associação já rende frutos para a Caoa Chery: são quatro lançamentos e ampliação de rede de concessionárias que começou em 25 pontos em 2018 e chegará a 111 unidades ainda neste ano.

A Caoa Chery também resolveu outra questão que afligia quem comprava um carro chinês: o pós-venda. A empresa mantém um centro de armazenagem de peças de reposição com de 14 mil metros quadrados em Barueri (SP), que já opera em dois turnos.

Os resultados desses esforços resulta em aceitação dos clientes. Em 2018, a Caoa Chery comercializou 8.640 unidades, todas produzidas no Brasil. Este volume representa alta de 131,6% na comparação com 2017, antes do anúncio da parceria entre as empresas. A produção superou as 10 mil unidades.

Carros chineses já têm tecnologia de ponta

A evolução dos carros chineses pode ser notada também no mercado brasileiro. Antes vistos como modelos de entrada e com pouca qualidade, hoje trazem tecnologia e qualidade compatível com os mais vendidos do mercado, mas sem perder o bom custo-benefício ao oferecer, além de qualidade construtiva, pacotes de equipamentos bem recheados por preços competitivos.

Os chineses aderiram ao downsizing, tendência na qual motores de menor cilindrada sobrealimentados oferecem desempenho equivalente ao de maiores, mas com menor emissão de poluentes e consumo de combustível.

A linha Chery, por exemplo, oferece em alguns modelos da sua linha o motor 1.5 turbo com potência de 150 cv e torque de 21,4 kgfm, números que o colocam em pé de igualdade com motores 2.0 não adequados à proposta do downsizing. Outro componente de ponta em seus carros é o câmbio automatizado de dupla embreagem, presente em esportivos e modelos premium pois agrega desempenho e conforto.

O último lançamento da Caoa Chery é a materialização dessa evolução dos carros chineses no mercado brasileiro. O SUV médio Tiggo 7 recebeu muitas avaliações positivas pelo conjunto mecânico e também pelo acabamento, considerado superior ao de alguns de seus concorrentes diretos.

Carros chineses: Caoa Chery Tiggo 7 mostra evolução de carro chinês

Fotos Caoa Chery | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (22 votos, média: 4,18 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
13 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    João Carlos Rodrigues 19 de março de 2019

    Comprei no começo do ano um Tigo 2 ACT Aut.
    Estou decepcionado com o câmbio,muito tranco ,algumas vezes quando vou sair patina como se tivesse a embreagem gasta como se fosse um cambio manual.
    Muitas vezes acelero e não tem força ,parece que trava ,outro defeito quando passo do eco para sport para melhorar a velocidade o carro fica muito quente por dentro,um calor insuportável,já fui na loja onde comprei e reclamei por 2 vezes ,e a moça após venda falou que a fábrica que é assim mesmo .
    Agora agendei para dia 1de abril na Caoa da vila Guilherme.
    Tive duas Tucson na garantia ,as duas foram revisadas na Caoa do Belém e nunca tive problema ,adorei o atendimento,pois ficaram ótima e,espero que esse Tigo fica bom pois só está com 2230km e cheio de problemas

  • Avatar
    marcus 15 de março de 2019

    Se os fabricados aqui ou importados de países ocidentais são problemáticos, imaginem os Xing Ling.

    • Avatar
      Paulo Henrique Paulino 17 de março de 2019

      O Caoachery é nacional

  • Avatar
    paulo e f diehl 14 de março de 2019

    oi Boris, e por aqui em Pindorama as tradicionais Ford, GM, e etc… continuam fabricando suas carroças do ”bateu morreu” [ cfe. crash test da latin NCAP, há velocidade 64 km/h ] , sendo o pior e com nota 1 , o KA, seguido pelos; sandero/logan, nissan march, prisma , uno, peugeot 208 e etc, todos vendidos a peso de ouro, para os pobres consumidores brasileiros, então viva as novas opções, mas continuo com nosso corolla , que é insuperável.

    • Avatar
      José Cotolino 28 de abril de 2019

      Não exagere, PAULO E F DIEHL. Que o Corolla seja um bom carro e que seja o seu preferido, é aceitável e eu respeito. Mas o Corolla não passa disso, um bom carro, não tem nada de insuperável. Tenho um Jetta 2.0 TSI, da geração que saiu de linha, nota máxima no Latin NCAP, e o considero muito mais “insuperável” que o Corolla. Questão de gosto e do que se busca em um carro. Você comparou o Corolla, um sedã médio, considerado de luxo no Brasil, com hatch popular. Assim é covardia!

  • Avatar
    Cláudio 14 de março de 2019

    É bom lembrar que os modelos chineses têm suspensão traseira multilink , abolida até pela Audi no A3 1.4. Nós retrocedemos ao eixo de torção nos lançamentos recentes. Ponto para os chineses.

  • Avatar
    Leandro Muniz Mariano 13 de março de 2019

    Isso chama CAOA, eles pegaram a Hyundai arrebentada pelo grupo anterior e transformou no que é hoje, dando tratamento melhor que muitas montadoras, você tinha atendimento vip e no dia e agora vem fazendo com a Chery o problema que a Hyundai vai se dar mal, pois os melhores funcionários estão saindo da CAOA HYUNDAI e indo para a CAOA Chery, a loja da Hyundai que tinha um atendimento top virou Chery, no reclame aqui a Hyundai CAOA ta ficando com nota ruim que antes era muito boa, em 2017 foi eleito o melhor pós venda em 2018 caiu para segundo ou terceiro a CAOA vai derrubar a Hyundai novamente depois da facada que eles tomaram da Hyundai. Pois o atendimento caiu muito na hyundai de setembro de 2018 pra cá.

  • Avatar
    Antonio Donizeti Martins 13 de março de 2019

    O texto se refere à China como sendo país “ocidental”. Acho que vou ter que voltar pra escola.

    • Avatar
      Carlos Palazzini 14 de março de 2019

      Olá Antonio, busquei na matéria seu comentário e achei “oriental” como teria lido na passagem pelo texto… Ou reescreveram ou foi um mal entendido!!!

    • Avatar
      Ovidio Tomadon 15 de março de 2019

      Estamos juntos sr. Antonio. Aonde ficam os países asiáticos? Teremos que voltar às escolas urgentemente.

  • Avatar
    Marco Arruda 13 de março de 2019

    Bom dia!!!
    Trabalho no grupo CAOA, da semana de feriado fui na loja CAOA Alphaville ver os carros e me surpreendi com equipamentos e a tecnologia embarcada nos Tiggo 5 e 7 e Arizzo.
    São bonitos e luxuosos e bom preço.

  • Avatar
    Roberto 12 de março de 2019

    Fiz o test drive (15km em estrada e cidade) no Tiggo 5x e me impressionou muito bem. Acho que a CAOA CHERY vai decolar

  • Avatar
    Roberto 12 de março de 2019

    Fiz o test drive (15km em estrada e cidade) no Tiggo 5x e me impressionou muito bem

Avatar
Deixe um comentário