Carros esportivos baratos: conheça as 5 opções mais em conta

Listamos quais são os automóveis zero-quilômetro verdadeiramente esportivos com os preços mais acessíveis à venda no Brasil

Por Alexandre Carneiro 02/04/19 às 08h39
Clique para ouvir
Voiced by Amazon Polly

Quer comprar um automóvel com foco em desempenho e dirigibilidade, mas sem gastar uma fortuna? Então, essa matéria é para você: listamos os 5 carros esportivos mais baratos do mercado brasileiro. Nossa seleção inclui apenas modelos zero-quilômetro com preço até R$ 200 mil. Confira quais são as opções e boa diversão ao volante!

1. Renault Sandero RS: R$ 67.790

Carros esportivos baratos: Renault Sandero RS é o mais em conta desse segmento no país, com preço de R$ 67.790

O preço a partir de R$ 67.790 pode até não ser exatamente acessível. Mas faz do Sandero RS o mais em conta entre os carros esportivos baratos do mercado brasileiro. No mercado de veículos novos, não há nenhuma opção com esse tipo de proposta com valor mais acessível.

Os críticos dirão que o hot hatch da Renault não deixa de ser um popular Sandero… Isso é uma verdade parcial. No interior, o acabamento realmente é simples como no restante da linha, apesar de o RS ter recebido volante, bancos e pedais esportivos. Por fora, ele até se diferencia bem dos seus pares, graças ao para-choque dianteiro com DRLs, ao spoilers laterais, ao aerofólio e às rodas de liga leve. Porém, mecanicamente, praticamente não há semelhanças com as demais versões.

O motor é exclusivo na gama: o Renault F4R 2.0 16V aspirado é capaz de render 150 cv de potência e 20,9 kgfm com etanol. Como o Sandero RS é pequeno e leve, o número é suficiente para uma relação peso/potência de 7,74 kg/cv. Mesmo com gasolina no tanque, o propulsor ainda desenvolve respeitáveis 145 cv e 20,2 kgfm. Ele vem acompanhado de um câmbio de seis marchas com relações bem curtas, suspensão com ajuste bem mais firme e freios a disco nas quatro rodas. Há ainda controles de estabilidade e tração desligáveis, para quem gosta de uma pilotagem mais visceral!

2. Peugeot 208 GT: R$ 87.290

Carros esportivos baratos: Peugeot 208 GT custa R$ 87.290

O Peugeot 208 tem uma posição de dirigir estimulante! O volante é pequeno, e os instrumentos estão posicionados acima de seu aro, e não dentro dele, como é usual. Parece até um fliperama! Nas demais versões, o desempenho não chega a ser empolgante. Contudo, na top de linha GT, a coisa muda de figura. Com preço de R$ 87.290, ele é o segundo mais acessível entre os carros esportivos baratos à venda no Brasil.

A proposta é parecida com a do Sandero RS: assim como ele, o 208 GT é um hatch compacto com motor de modelo médio. Porém, o Peugeot tem ainda mais potência. São 173 cv com etanol e 166 cv com gasolina, gerados por um motor 1.6 equipado com turbo e injeção direta. Mas o melhor é o torque de 24,5 kgfm com os dois combustíveis, totalmente disponível a partir de baixíssimas 1.400 rpm. Essa força é gerenciada por um câmbio manual de seis marchas.

Visualmente, o Peugeot 208 GT é até discreto. Sua roupagem esportiva traz apenas rodas de 17 polegadas, retrovisores pintados de preto e spoiler traseiro. Por dentro, o clima também é de discrição, embora haja volante, bancos e pedaleira exclusivos. Mas a preparação mecânica inclui também suspensão recalibrada e freios reforçados com discos nas quatro rodas. É o bastante para quem gosta de diversão ao volante.

3. Volkswagen Golf GTI: R$ 149.290

Sim, entre os preços do 208 GT e do Golf GTI há um verdadeiro abismo. Esse hiato é resultado da falta de opções nesse segmento na faixa que vai de R$ 90 mil até R$ 150 mil. Todavia, se por um lado o hot hatch da Volkswagen custa significativamente mais, por outro entrega muito mais desempenho.

Duvida? Por saiba que o modelo é movimentado por um motor 2.0 a gasolina, com turbo e injeção direta, que entrega 230 cv de potência e 35,7 kgfm de torque. O câmbio é automatizado de dupla embreagem, com seis marchas e borboletas no volante. Uma suspensão recalibrada, com exclusiva arquitetura independente do tipo multilink no eixo traseiro, freios redimensionados e direção elétrica com acerto próprio completam o pacote.

O interior também é mais sofisticado, com direito a material emborrachado no painel e nas portas. Os bancos esportivos são forrados com o icônico tecido xadrez, estampa que remete à primeira geração do modelo. Quem quiser, pode abrir mão da tradição em prol do revestimento em couro, oferecido como opcional. Claro, não faltam volante e pedais esportivos. Há ainda um seletor de modos de condução – Normal, Sport, Eco e Personalizado – que alteram as respostas de acelerador, câmbio e direção. É como dizem: tudo tem seu preço.

2. Honda Civic Si: R$ 162.900

O preço de R$ 162.900 do Honda Civic Si está longe de ser baixo. Porém, o fato é que há poucos carros verdadeiramente esportivos mais baratos que ele. O modelo leva uma certo desvantagem comercial em relação aos concorrentes nacionais por ser importado e, portanto, ter que pagar IPI. Mas tenta compensar isso com sua característica silhueta cupê. Ele é o único da lista a ter carroceria diferente das demais versões da gama.

Vale ressaltar, contudo, que o Civic Si entrega menos potência e torque que o Golf GTI. São 208 cv e 26,5 kgfm produzidos por um motor 1.5 turbo com injeção direta, movido a gasolina. Ainda assim, são números capazes de assegurar ótimo desempenho. Ademais, ele traz uma benesse em relação ao rival da Volkswagen: um diferencial de deslizamento limitado. O câmbio, manual de seis marchas, também tende a agradar mais os puristas.

O cupê da Honda oferece ainda uma posição de dirigir bem esportiva, graças aos bancos com assentos baixos e abas laterais generosas. A atmosfera a bordo é complementada pela pedaleira em alumínio e pelo painel com grafia em vermelho. Há ainda um modo Sport de condução, que deixa volante, acelerador e suspensão mais responsivos.

1. Mini John Cooper Works: R$ 184.990

O primeiro da lista de carros esportivos baratos não é exatamente barato… Mas é bastante esportivo! Na versão John Cooper Works, o motor 2.0 turbo com injeção direta desenvolve 231 cv e até 35,6 kgfm. Potência e torque são parelhos com os do Golf GTI, mas há uma diferença crucial: o Mini é cerca de 150 kg mais leve! Todavia, seu câmbio automático de seis marchas é um pouco mais lento.

No mais, o Mini John Cooper Works traz todas as características técnicas convenientes a um veículo de alta performance. Há suspensões independentes nos dois eixos (McPherson no dianteiro e multilink no traseiro), com ajuste mais firme que a das demais versões, freios a disco nas quatro rodas redimensionados e rodas de 18 polegadas. Para completar, o motorista pode escolher entre rês modos de condução: Green, Mid e Sport.

O Mini John Cooper Works vem com a clássica carroceria hatch de duas portas. Apesar de ter crescido ao longo das diferentes gerações, o modelo ainda é um compacto, com 3,87 metros de comprimento. Trata-se, portanto de um autêntico pocket rocket. O modelo também é oferecido na versão Cabrio, que tem características mecânicas semelhantes. Porém, o preço é mais alto e supera por pouco a barreira dos R$ 200 mil: o conversível é tabelado em R$ 201.990.

Fotos: divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (27 votos, média: 4,93 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Luis Santos 4 de abril de 2019

    Diferencial de deslizamento limitado… Explica isso aí!

Avatar
Deixe um comentário