Mini 60 Years Edition começa a ser vendido no Brasil

Série especial comemora 60 anos do Mini clássico; apenas 25 unidades serão importadas, mas ainda não há definição de preço ou data de lançamento

Por AutoPapo 17/06/19 às 19h30

A Mini confirmou que irá vender no Brasil a “Mini 60 Years Edition”. Como o nome sugere, é a série especial comemorativa da marca alusiva ao 60º aniversário de lançamento do Mini clássico. A edição limitada tem preço sugerido de R$ 171.990, e as vendas começam hoje (17), nas concessionárias da marca.

Apresentado oficialmente no início deste ano, a edição exclusiva e limitada será disponibilizada no país na versão hatch de três portas, equipada com a motorização “Cooper S” de quatro cilindros, 1.998 cm³ e capaz de entregar 192 cavalos de potência (entre 5.000 e 6.000 rpm) e 28,57 kgfm de torque máximo (de 1.350 a 4.600 rpm).

Mini 60 Years ao lado do modelo original
Mini 60 Years ao lado do modelo clássico

No total, serão apenas 25 unidades para o mercado brasileiro do Mini 60 Years Edition, com configuração padrão que terá a cor externa New British Racing Green (cor oficial do automobilismo britânico) e teto na cor branco pepper.

Entre os itens exclusivos da versão, destaque para faixas esportivas sobre o capô, projeção em LED e soleiras com a inscrição “60 Years”; rodas de liga leve de 17 polegadas; volante em couro Walknappa e inscrição “Years”, revestimento dos assentos em couro na cor Dark Brown.

Além destes equipamentos exclusivos, esta versão virá equipada com diversos outros itens de série: sistema de áudio Hi-Fi Harman/Kardon, Mini Head-Up Display, superfícies do interior iluminada em Mini Yours Piano Black, ar-condicionado digital automático dual-zone, faróis adaptativos de LED e teto solar panorâmico, entre outros.

Breve história da Mini

O Mini nasceu na Inglaterra em 1959 como um carro popular e acessível, característico da Europa pós-guerra. Como não haviam muitos recursos disponíveis e muitas cidades estavam destruídas, a necessidade era de carros pequenos, baratos e práticos.

Mas o destino tinha coisas maiores reservadas para o Mini, e ao longo das décadas de 60 e 70, ele passou a ser reconhecido como um carango de personalidade, semelhante ao Fusca aqui no Brasil.

A denominação “Cooper”, que segue até hoje em alguns modelos, veio de John Cooper, mecânico de carros de corrida que envenenou algumas versões do Mini. De 1964 a 1967, o diminuto surpreendeu o mundo todo, vencendo três disputas do rali de Monte Carlo em sequência.

Em 2000, a produção do Mini, que passou por muitos donos, estava deixando a desejar e foi interrompida.

A BMW, que já controlava sua produção desde 1994 através do Rover Group, vendeu todas as fábricas e tecnologias, com exceção do direito de usar a marca Mini. A partir daí nasceram os Mini do século XXI

Confira o vídeo oficial do no Mini 60 Years!

Fotos Mini | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário