Novo Classe A250 ‘conversa’ com o dono e tem ótimo desempenho

Hatch da Mercedes-Benz tem o sistema MBUX como destaque e motor 2.0 turbo de 224 cv, mas custa quase R$ 200 mil

Por Alexandre Carneiro23/01/19 às 11h55
De São Paulo (SP)

“Oi, Mercedes; e aí, Mercedes; olá, Mercedes”. Basta dizer uma dessas três frases para que o novo A250 responda, com a voz feminina: “sim, o que você deseja fazer?” É assim que funciona o sistema MBUX, um dos maiores atrativos do modelo. Com ele, a marca alemã promete maior interação com o motorista, sem que seja necessário sequer fazer um pareamento de celular.

Com o MBUX, é possível comandar, por voz, a temperatura do ar-condicionado, a abertura do teto solar e funções do computador de bordo. Mas o equipamento só entende frases prontas. Para mexer no climatizador, é preciso dizer “baixar a temperatura para 18 graus”, por exemplo. Se o motorista disser “estou com calor”, a voz responderá: “não entendi”. Nesse ponto, trata-se de um equipamento mais antigo que o CLA, lançado recentemente em Detroit (EUA), que tem inteligência artificial e consegue aprender comandos. O A250 tampouco acessa a internet, coisa que seu irmão mais novo já faz.

Novo Mercedes A250 será vendido em versão única no Brasil
Novo Mercedes A250 será vendido em versão única no Brasil

De qualquer modo, trata-se de um grande diferencial do modelo, que permite que o condutor interaja também por meio de touchpads e telas multimídia. O equipamento é de série no A250, que é vendido em uma versão única, Vision, tem preço de R$ 194,9 mil.

O pacote de itens de série é fechado e inclui ainda interior em couro, bancos dianteiros elétricos e frenagem autônoma que funciona até em cruzamentos, caso haja risco de colisão com um veículo que segue em sentido transversal.

O A250 é equipado com um motor 2.0 turbo de 224 cv de potência e 35,7 kgfm de torque. O câmbio é automatizado de dupla embreagem e sete marchas.

Os recursos multimídia realmente são capazes de dar um ar tecnológico ao interior do A250. No interior, chama atenção as duas telas multimídia interligadas: uma na frente do motorista e outra no centro do painel. A primeira traz os instrumentos principais, como velocímetro e conta-giros, enquanto a segunda reúne as funções de infotenimento. Ambas são configuráveis ao gosto do condutor e podem mostrar diferentes informações.

As traquitanas tecnológicas são parte de um interior requintado, coerente com a proposta premium da marca. Superfícies emborrachadas, elementos aluminizados e montagem caprichada resultam em um ótimo acabamento.

A ergonomia do A250 também é elogiável. Há algumas soluções incomuns, como a alavanca do câmbio na coluna de direção e o freio de mão (eletrônico) no painel, à esquerda do motorista. Todavia, todos os comandos estão ao alcance das mãos

A posição de dirigir é perfeita. O volante de diâmetro pequeno, tipicamente esportivo, tem boa pegada. Já o banco pende mais para o conforto, apoiando bem todo o corpo, mas tem abas laterais suficientemente largas para proporcionar aquela segurada no tronco em curvas.

O desempenho está à altura da atmosfera esportiva do interior. As acelerações a pleno pedal duram pouco, pois rapidamente é preciso aliviar o pé para não atingir velocidades muito superiores às permitidas. Se o motorista continuar pisando fundo, se espantará ao perceber que o veículo já atingiu 170 km/h ou 180 km/h sem qualquer esforço

Suspensão, câmbio e direção mudam de comportamento de acordo com o modo de condução selecionado pelo motorista. Mesmo na configuração normal, o rodar é um pouco duro, uma contrapartida necessária para privilegiar a estabilidade. Vale a pena: o A250 está sempre na mão, mesmo em curvas traiçoeiras. A direção é muito direta e responsiva, enquanto o câmbio troca as marchas nos momentos certos e com enorme rapidez.

A Mercedes não revela qual é a expectativa de vendas do A250, mas confirma que ele tem como público alvo consumidores jovens, entre 25 e 35 anos. O modelo já está à venda; os primeiros lotes trazidos para o Brasil são formados por veículos 2018/2019

Fotos Malagrine Estúdio/Mercedes-Benz/Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário