Recall: Fiat Toro pode perder potência

Agendamento começa apenas no dia 9 de outubro. Central da injeção precisa ser trocada

Por AutoPapo05/10/17 às 12h02

Os proprietários da picape Fiat Toro 2.4 Tigershark Flex  – ano 2017  / modelo 2018 –  devem procurar a fabricante para substituir a central de injeção do motor. A falha, segundo a Fiat, pode provocar a perda da potência do motor em situações de retomada de velocidade ou durante uma ultrapassagem, o que aumenta o risco de acidente.

“Com consequentes danos físicos e materiais ao condutor, aos passageiros e a terceiros, destaca o comunicado da Fiat. Porém, o agendamento começa apenas em 9 de outubro e deve ser feito pelo telefone 0800 707 1000.

(Fiat/Divulgação)

Luz da injeção alerta para recall

A falha poderá também ser percebida pelo condutor por causa  do acendimento da luz de injeção no painel de instrumentos do veículo.O tempo previsto para o reparo, segundo a Fiat, é de aproximadamente uma hora. No total são 223 veículos envolvidos. Os números de chassis (não sequenciais) vão do 988226106JKB26876 a 988226106JKB44174.

Para consulta dos números de chassis envolvidos contate a Central de Serviços ao Cliente Fiat pelo telefone 0800 707 1000 ou consulte o site da Fiat.

O recall é  previsto em lei e garante aos consumidores a conformidade de produtos adquiridos com certos níveis de qualidade. Esses níveis são determinados pela “legítima expectativa”. Com isso, o consumidor tem o direito de esperar que os artigos comprados sejam seguros e se adequem à função a que se prestam. A lei prevê que o recall não tem data de validade. Por isso, não deixe de atender se o seu veículo for convocado. É um processo que pode salvar vidas.


VEÍCULOS RELACIONADOS

Veja mais sobre:


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário