[Recall] 2 mil unidades da Cherokee podem apresentar falha eletrônica

Problema no módulo ORC interfere nos encostos de cabeça ativos, cintos de segurança e airbags

Por AutoPapo02/04/18 às 15h44

A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) convocou 2.329 unidades do Jeep Cherokee para recall. Um problema no módulo ORC, responsável pelo controle dos sistemas de airbag, cinto de segurança e encosto de cabeça ativo, pode acionar o acendimento da luz espia no painel de instrumentos e inabilitar o funcionamento dos encostos de cabeça ativos em caso de colisão traseira. O problema pode causar danos físicos aos motoristas e passageiros do banco dianteiro do modelo produzido em 2012.

Os reparos começam a ser realizados nesta segunda-feira (02) e devem ser agendados pelo telefone 0800 703 7150 ou pelo site da fabricante. O atendimento e provável substituição do módulo duram cerca de uma hora.

Problema no módulo ORC dos modelos Cherokee produzidos em 2012 pode inabilitar os encostos de cabeça ativos e causar danos aos ocupantes. De acordo com a FCA, reparos começam a partir desta segunda-feira (02).
Foto Divulgação | Jeep

Chassis envolvidos no chamamento da Cherokee 2012:

107403 a 193703

O problema foi anunciado em dezembro de 2017, mas, na época, a Jeep ainda não tinha uma solução.


VEÍCULOS RELACIONADOS

Veja mais sobre:


0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário