[Vídeo] Rodas de liga leve devem ser consertadas?

O Boris explica em quais casos há necessidade de reparos no componente

Por Boris Feldman29/11/17 às 16h43

Você bateu o carro, mas, por sorte, estava assegurado. O veículo foi para a oficina e ela mandou a relação de todos os serviços e peças para seguradora. Tudo foi devidamente aprovado. Exceto a troca das rodas de liga leve que se quebraram. E aí aquele mosquitinho da dúvida entra em ação.

– Ué, mas devo consertar as rodas de liga leve?

Depende. O Boris explica no vídeo quando deve ser feito. Ah! E se a seguradora não quiser fazê-lo, é melhor procurar uma outra.

[Transcrição]

Você bateu o carro, mas, por sorte, estava assegurado. O veículo foi para a oficina e ela mandou a relação de todos os serviços e peças para seguradora. Tudo foi devidamente aprovado. Exceto a troca das rodas de liga leve que se quebraram. Mas é para mandar consertar a roda de liga leve?

Se ela sofreu apenas aquela famigerada “raspadinha”, só um arranhão, sem problemas. No entanto, se ela quebrou e necessita de solda, nem pensar em mandar recuperar. Sabe por quê? Depois da solda pode até ficar bonitinho, mas há a possibilidade de ter ficado alguma trinca, uma “porosidade” interna.

Por isso não se recupera roda de liga leve. Se a seguradora nesse caso não autorizar o serviço, troque você. Aproveite e troque também de seguradora.

Boris dica rodas de liga leve

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário