Tem que respeitar a vovó!

Ex-piloto de rally, Rosemary Smith, de 79 anos, guia um Fórmula 1 da equipe Renault; fabricante celebra 40 anos na categoria

Por AutoPapo14/07/17 às 15h17

Quantos “pilotos-bebês” temos na Fórmula 1 hoje? Vamos fazer um rápido exercício e tentar descobrir quantos deles ainda não conseguem nem fazer a barba direito? Esteban Ocon, Max Verstappen, Pascal Wehrlein, Carlos Sainz Jr. e Lance Stroll. Todos têm menos de 23 anos. Stroll sequer passou dos 18, inclusive. No entanto, os jovens, “apesar de inconsequentes, podem pilotar”. E os mais velhos? Pouquíssimos, apenas lendas, tiveram a oportunidade de guiar um F1 na melhor idade. E as mulheres? Ainda menos! Agora, e quanto a uma poderosa senhorita de 79 anos?

Ex-piloto de rally, Rosemary Smith sempre teve de lidar com o preconceito. Mesmo com vitórias e talento de sobra, Rosemary tinha sempre de demonstrar que sabia fazer muito mais para seus colegas homens. E sempre mostrou. Nas pistas.

Durante a aposentadoria, Rosemary Smith iniciou uma escola de formação de pilotos. Os veículos que usava para o curso? Renault, mais especificamente Clios. Por isso a irlandesa foi contatada pelo braço britânico da fabricante para uma pilotagem especial, no lendário circuito de Paul Ricard, em Le Castellet, na França. Depois do test drive, segundo a montadora, a ex-piloto se tornou a pessoa mais velha da história a guiar um Fórmula 1 moderno. Sim, ela só “deu umas voltinhas” com o R.S.17, bólido guiado na temporada da F1 deste ano por Jolyon Palmer e Nico Hulkenberg.

Assista ao show da “vovó-piloto” abaixo. Faz parte da celebração de 40 anos (intermitentes) da Renault na categoria mais tradicional do automobilismo. Será que você faria melhor? Nenhum marmanjo daqui da redação faria.

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Franco Vieira 28 de julho de 2017

    Correção: a dupla de pilotos da Renault é Jolyon Palmer e Nico Hulkenberg.

Deixe um comentário