Tesla pegou fogo em vídeo e Musk fez mais promessas

Depois que um vídeo exibindo um modelo da Tesla entrando em combustão viralizou, o CEO da companhia continua falando de seus grandes planos

Por AutoPapo 24/04/19 às 17h00

O adjetivo “polêmico” tem se tornado um definidor da marca Tesla e seu criador, Elon Musk. Na mais recente reviravolta, um modelo da Tesla pegou fogo em vídeo e levou as ações da empresa a despencarem. Na sequência, Musk prometeu táxis autônomos para o ano que vem.

O vídeo em questão foi publicado no Twitter e logo viralizou. O usuário Jay in Shanghai fez a postagem no domingo (21). As imagens, que parecem ser de câmeras de segurança, mostram um Model S estacionado. Repentinamente, o veículo entra em chamas.

Desde então, o usuário original deletou a postagem original. Veja, neste outro vídeo, o momento em que o Tesla pegou fogo.

(Reprodução do Twitter)

De acordo com o autor da publicação, o veículo se encontrava em Shangai, dentro de um estacionamento subterrâneo. Contudo, ainda não há informações oficiais sobre o ocorrido. Apesar disso, o mercado já reagiu às imagens, e as ações da Tesla despencaram na bolsa de Nova York.

Os ativos tiveram perda de 3,85% na Nasdaq no fechamento de segunda-feira, (22), sendo negociados por US$ 263 cada. A Tesla também se pronunciou sobre o caso, e disse que estava investigando as causas do incêndio.

“Nós enviamos um time para o local imediatamente e estamos apoiando as autoridades locais para determinar os fatos. Até onde sabemos, ninguém se feriu”, informou a empresa, em nota.

Depois que Tesla pegou fogo, Musk prometeu autônomos para 2020

Talvez em um momento pouco adequado, o criador e CEO da companhia, Elon Musk, prometeu táxis autônomos já no ano que vem. Em um pronunciamento voltado para investidores, (hoje), Musk usou o termo “robotáxis” para descrever seus planos.

(Tesla | Divulgação)

“Eu me sinto muito confiante em prever ‘robotáxis’ autônomos para o ano que vem”, disse ele. O executivo se referia a um serviço de mobilidade, similar ao Uber, executado por carros autônomos.

Embora algumas fabricantes já estejam desenvolvendo tecnologias de autonomia há anos, ainda existem muitos obstáculos para sua implantação. Um deles são as legislações de trânsito, que ainda não permitem um carro sem motorista andando no trânsito.

Mesmo depois que um de seus Tesla pegou fogo, Musk não perdeu o entusiasmo com o qual sempre defendeu seus investimentos. Ele também revelou, na ocasião que a Tesla estava desenvolvendo seu próprio microchip para controlar os veículos.

O componente é o que faz a coordenação dos dados coletados pelos sensores de um carro autônomo, e controla sua direção e velocidade de acordo com isso. Segundo Musk, o microchip da Tesla seria o mais avançado do mundo, e permitiria a autonomia total de um veículo.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (2 votos, média: 5,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
6 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Maria 25 de abril de 2019

    Um BMW i8 também entrou em combustão num stand, os bombeiros alemães tiveram de içar o carro e coloca-lo destro de um contentor de água. Não vejo nenhum jornal ou revista a falarem nisso.

  • Avatar
    Guillermo 25 de abril de 2019

    A cada ano mais de um milhão de carros de combustão pegam fogo.
    Se você dividir pela quantidade total de carros vendidos, é evidência de que o problema não é a Tesla.

  • Avatar
    Nicoli 25 de abril de 2019

    Sinceramente isso está com cara se sabotagem….imagina se esse modelo elétrico vire uma preferência o petróleo vai ficar de lado….e só juntar 2+2

  • Avatar
    Carlos Alberto 25 de abril de 2019

    Sou um grande defensor/entusiasta dos carros elétricos. Espero que seja um fato pontual.

    • Avatar
      JaneilsonHD 25 de abril de 2019

      Com a quantidade de Teslas vendidos 1 deles apresentar um evento novo obviamente é algo pontual! E como mandaram uma equipe da Tesla para investigar aí da é possível q encontrem a fonte do fogo e façam alguma adaptação para dificultar novas ocorrências. Isto é, se o carro em si tiver sido o ignitor do fogo, algo q ainda é possível q não seja.

      • Avatar
        Rui Almeida 25 de abril de 2019

        Os chinocas andaram foi a chafurdar no carro para copiar.. lol

Avatar
Deixe um comentário