Vendas de carros usados em abril registram alta

Setor teve desempenho mensal superior ao de março, mas entidade detectou tendência de retração, refletindo economia geral

Por AutoPapo07/05/19 às 15h36

A Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (FENAUTO) divulgou um relatório mensal com os resultados das vendas de carros usados em abril. Os números revelaram que houve um aumentos de 13,3% de comercializações na categoria. Com relação ao mesmo período de 2018, os dados mostraram retração.

As vendas mensais de carros usados em abril foram superiores às de março, mas entidade detectou tendência de retração, refletindo economia geral.

Segundo a entidade, a variação detectada no mês ocorreu devido ao Carnaval. Teria surgido uma disparidade nas vendas pelo feriado ter sido em março. Contudo, o número de vendas por dia útil também foi maior em abril, chegando a um aumento de 7,9%.

No comparativo entre as vendas de carros usados em abril de 2019 e o mesmo mês de 2018, houve um recuo de 1,2%. Contudo, no acumulado do período entre janeiro e abril, foi registrado aumento de 0,8% em relação ao ano passado.

Por fim, a entidade registrou que as vendas acumuladas estão crescendo menos. Devido a isso, a análise final é de que está havendo uma leve tendência de retração na categoria. Essa conclusão foi base para a correção das expectativas e previsões do mercado.

No total, foram realizadas 1.177.470 vendas de carros usados em abril, contra 1.039.535 em março. O acumulado no primeiro quadrimestre do ano foi de 4.499.859 veículos vendidos contra 4.464.773 no mesmo período de 2018.

Carros usados em abril: vendas acompanharam economia

Para o presidente da FENAUTO, Ilídio dos Santos, o desempenho da categoria esteve em consonância com a economia como um todo.

“As vendas do segmento parecem estar refletindo o estado de espírito manifestado na pesquisa do Índice de Confiança do Consumidor e outros relatórios de diversos agentes do mercado. Pelos resultados apresentados nos últimos relatórios, continuamos torcendo para que as propostas para o reaquecimento da economia, apresentadas pela nova equipe econômica, sejam aprovadas e implementadas com rapidez para que o mercado possa retomar um ritmo melhor na geração de negócios. Mas, com certeza, ainda estaremos muito atentos ao nível de confiança do consumidor para uma avaliação mais precisa do comportamento do segmento”, declarou ele.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário