Acabou a bateria e o seu freio é elétrico? Saiba como resolver

O freio de estacionamento elétrico se torna um problema quando acaba a bateria do carro. Mas, há uma solução bem simples para isso

Por BORIS FELDMAN25/05/18 às 21h30

O freio de estacionamento elétrico é um dos muitos avanços da eletrônica nos carros modernos. Mas, assim como as facilidades que a modernidade proporciona, alguns novos problemas também vem na bagagem.

[TRANSCRIÇÃO]

Algumas novidades eletrônicas deixam os motoristas grilados. Será que além das vantagens, nós teremos desvantagens também? E uma dessas novidades é o freio de estacionamento elétrico, que já existe em diversos carros mais modernos. Ele pode ser acionado automaticamente ou exigir que o motorista aperte um botão. Mas, alguns proprietários têm o receio de deixar o carro estacionado em uma ladeira, com esse freio elétrico acionado, e a bateria arriar por ter, por exemplo, esquecidos os faróis ligados. Se isso acontece o freio se solta sozinho e o carro desce morro abaixo?

Não, muito antes pelo contrário. A corrente elétrica só é necessária para acionar ou desacionar o freio, não para mantê-lo ativado. O problema é que não tem nem como fazer o carro pegar no tranco,  pois ele está travado. Só mesmo com a famosa chupeta pra dar uma carga ou trocando a bateria.

O freio de estacionamento elétrico

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Felipe Brito 9 de julho de 2018

    Excelente matéria. Mas os veiculos com freio elétrico, não todos, tem um dispositivo de destravamento manual do freio de estacionamento. Tenho um Citroën e dispõe desta solução para o caso de ficar sem energia da bateria.

Deixe um comentário